menu

Matheus coloca o Operário entre os três melhores do PR

Técnico do Fantasma ressalta os bons momentos da equipe na competição. Próxima partida do Alvinegro será no sábado (10), pelo Brasileirão da Série B

O Operário Ferroviário empatou em 1 a 1 contra o Londrina, na tarde desta terça-feira (6), no Estádio Germano Krüger, em duelo válido pela segunda partida da semifinal do Campeonato Paranaense. Com o placar agregado em 2 a 1 para o adversário, o Alvinegro está desclassificado da competição.
Em entrevista coletiva online, após a partida, o técnico Matheus Costa ressaltou os bons momentos da equipe na competição. “Deixando de lado a partida em Recife, nos últimos jogos os resultados não foram favoráveis, mas fomos superiores ao adversário. Hoje, fomos melhores em campo que o Londrina, tivemos mais oportunidades. A situação em reverter um resultado que estava desfavorável é difícil, o adversário demonstrou uma proposta em ‘amarrar’ o jogo. Mais uma vez, tivemos volume de jogo e finalizações, os atletas estão procurando reagir para sair dessa situação. Agora o foco torna-se, exclusivamente, a Série B e somente a vitória irá nos tirar desse mau momento. Fizemos um estadual que temos que estar de cabeça levantada, acredito que foi o único que venceu os três da capital. Não veio o título, mas temos que estar com a cabeça erguida, tenho certeza que hoje a nossa equipe está entre as três melhores do estado.”

O jogo
Atuando dentro de casa, o Fantasma controlou as ações da partida no início da confronto, dominando o meio de campo e as tentativas ofensivas, principalmente em finalizações de média distância. Outra situação de jogo explorada foi em bolas aéreas, através de cruzamentos, com ambos os laterais, mas sem efetividade para balançar às redes. O adversário, durante o primeiro tempo, chegou em duas situações ao ataque. No primeiro lance, aos 11 minutos, Simão defendeu com tranquilidade e na segunda tentativa, aos 37 minutos, a bola foi em direção ao gol, mas sem sustos para o goleiro operariano. A principal chance alvinegra foi aos 40 minutos, após cobrança de falta, a bola chegou na cabeça de Rodolfo Filemon que cabeceou por cima do travessão, mandando a tentativa para fora. O primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

Na volta para a segunda etapa, precisando do resultado, o Fantasma chegou perto de abrir o placar logo aos 3 minutos, após contra-ataque orquestrado por Marcelo e Tomas Bastos, a bola chegou na canhota do camisa 10 operariano, que chutou cruzado no canto baixo do goleiro adversário, mas a bola passou rente à trave. Poucos minutos depois, Silva cobrou falta, a bola foi espalmada pelo arqueiro visitante, na sequência do lance, Bastos e Schumacher tentaram finalizar para dentro da rede, mas o goleiro defendeu o chute. Com o domínio das ações no duelo, o Alvinegro obteve mais duas chances em sequência. Felipe Garcia foi lançado na área, mas não chegou em condições favoráveis para finalizar. Em bola cruzada, Schumacher tentou de cabeça e a bola foi por cima do gol. Melhor na partida e com maiores ações durante a segunda etapa, o Operário foi surpreendido aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio, Salatiel subiu dentro da área e cabeceou para dentro do gol, abrindo o placar em 1 a 0.

Com o resultado desfavorável, a equipe mandante se lançou ainda mais para o ataque. Desta maneira, as chances de gols foram sendo criadas em diversas situações. Pedro Ken tentou de cabeça aos 26 minutos, mas o goleiro defendeu no centro da meta. Dez minutos depois, Rafael Oller, na entrada da área, tentou uma bicicleta, a bola foi na direção do gol e defendida. Após trama ofensiva comandada por Leandrinho e Rafael Oller, a chance chegou nos pés de Felipe Garcia, aos 41 minutos, que não titubeou e empurrou a bola para dentro do gol, empatando o duelo em 1 a 1. A chance da virada ocorreu nos acréscimos, Thomaz encontrou Fábio Alemão na área, o camisa 5 fez o giro e finalizou na trave. Desta maneira, a partida terminou empatada em 1 a 1.

Próximo jogo
Pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o Alvinegro de Vila Oficinas recebe o Brasil-RS, em duelo pela 10ª rodada. A partida acontece no próximo sábado (10), às 11h, no Estádio Germano Krüger.

Ficha técnica:
Operário 1×1 Londrina
Campeonato Paranaense – semifinal – 2º jogo
Estádio Germano Krüger – 06/07/21 – 15h20

Operário: Simão; Alex Silva, Odivan, Rodolfo Filemon (Marcelo) e Djalma Silva; Fábio Alemão, Leandro Vilela (Rafael Oller) e Tomas Bastos (Leandrinho); Jean Carlo (Thomaz), Felipe Garcia e Schumacher (Pedro Ken)
Téc: Matheus Costa
Banco: Thiago Braga, Zémarcio, Lucas Mendes, Fabiano, Rafael Chorão, Alemão, Tibagi.

Londrina: Dalton; Luan (Bídia), Zé Pedro, Lucas Costa e Felipe Vieira; Pedro Cacho, Matheus Bianqui (Willian Correia) e Danilo (Celsinho); Douglas Santos (Salatiel), Tiago Orobó e Juan
Téc: Roberto Fonseca Jr
Banco: Alan, Toni Nang, Wilker

Gols: 2T´17 Salatiel (Londrina), 2T´41 Felipe Garcia (Operário)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Zacarias Chumlhak e Tom Gomes Rocha
Quarto árbitro: André Felipe Olivério

 

Últimas Notícias
Campos Gerais 22/09/2021 ás 17:22h
Ponta Grossa 22/09/2021 ás 17:05h
Ponta Grossa 22/09/2021 ás 17:02h
Cotidiano 22/09/2021 ás 16:50h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/390000/capa_00394221_0_202109212231.jpg?xid=1136638
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades