menu

Edmauro Assunção destaca uso de tecnologia aliada à segurança

Novo comandante do 4º CRPM acredita que forças de segurança devem ficar cada vez mais próximas de conceitos inovadores para ampliar o trabalho preventivo e repressivo.

Os serviços tecnológicos devem estar cada vez mais presentes dentro das corporações de segurança pública do Paraná. É o que espera o novo comandante do 4º Comando Regional do Paraná (CRPM), tenente-coronel Edmauro Assunção. Ele assume oficialmente o posto deixado pelo tenente-coronel Valdir Tedeski na próxima quinta-feira (1), em cerimônia no 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Ponta Grossa.

Em entrevista ao portal aRede nesta segunda-feira (29), Assunção afirmou que a Polícia Militar pode ser tornar mais ágil e moderna com a utilização de tecnologias e meios de inovação. “Aquele policiamento de proximidade, onde o policial militar chegava até o cidadão, muitas vezes fica limitado em alguns momentos. Penso que a tecnologia trabalha em prol da segurança pública”, disse.

O tenente-coronel ainda revelou que o app ‘190’, já em funcionamento na região metropolitana de Curitiba, deverá se expandir para o interior do Estado em breve. O sistema permite que a população acione a Polícia Militar através do celular, seja para informar um crime ou para pedir apoio em alguma situação. “Todo mundo poderá fazer uma denúncia pelo aparelho [smartphone]. Chama viatura, se comunica, fotografa suspeitos, filma situações de crime e manda através das mídias para a Polícia Militar. É um ponto importante para a facilitação do trabalho”, afirmou.

Para o comandante, a tecnologia também poderá ser útil, muito em breve, em situações preventivas, principalmente com o advento de impressões faciais aliadas às câmeras. “Acredito que tenha muito a evoluir, com impressão digital e facial, para que possamos fazer a prevenção para que o crime não ocorra”, destaca. Assunção ainda reforça a importância da utilização de aparelhos de monitoramento, principalmente em situações com um grande aglomerado de pessoas e em pontos estratégicos – como na saída das cidades, por exemplo.

“Quando recebemos uma ligação, o policial militar que vai despachar a viatura tem condição de visualizar através da imagem tudo o que está acontecendo. O monitoramento com câmeras tem se mostrado muito importante. Um exemplo é em Ponta Grossa, onde tínhamos alguns problemas de usuários de entorpecentes no Parque Ambiental e, a partir do momento que foram instaladas câmeras, eles acabaram deixando o lugar”, exemplificou.


Viaturas contam com rastreamento estratégico

Em relação às atividades já existentes com o apoio da tecnologia, Assunção destaca o rastreamento de viaturas. “O despachante consegue visualizar cada uma e consegue acionar a mais próxima do local de atendimento. Isso dinamiza o nosso trabalho e diminui o tempo de chegada em locais de crime, por exemplo. Acredito que a tecnologia seja muito importante nestes aspectos”, disse.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 10:45h
ao vivo 31/07/2019 ás 10:35h
Esporte 31/07/2019 ás 09:45h
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 09:44h
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 09:21h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00269226_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades