menu

Estudantes de PG aprendem Lei de Newton na prática

Lançamento de foguetes no Colégio Positivo Master comprova a teoria da ação e reação

A terceira Lei de Newton diz que "a toda ação corresponde uma reação, com a mesma intensidade, mesma direção e sentido contrário". Para comprovar essa teoria, estudantes da primeira série do Ensino Médio foram desafiados a construírem seus próprios foguetes, utilizando materiais recicláveis, como garrafas pet. Os foguetes serão lançados neste sábado, dia 14, no Colégio Positivo Master, em Ponta Grossa.

São mais de 100 alunos envolvidos na atividade. A organizadora do evento, Larissa Fernanda Yassugui Moletta, professora de Física do Colégio Positivo Master, explica que, em grupos, os alunos foram desafiados a fazerem seus próprios foguetes. Cada projétil é composto de duas garrafas pet, um pouco de areia e isopor (ou plástico/papelão) para fazer as aletas (asas). "No dia do lançamento, os foguetes serão encaixados nas bases, feitas de canos de PVC, confeccionadas por mim e pelo professor Maytson de Química", conta Larissa. "No momento do lançamento, será colocada água dentro do foguete. Na base, terá um pino com entrada de ar (bomba de bicicleta), que dará a pressão para o foguete ser lançado", adianta a professora.

O funcionamento do foguete pode ser explicado por meio de uma analogia com um balão (bexiga) de ar que está inflado e será abandonado sem ter sido amarrado: uma vez cheio e solto, o ar é liberado e, então, o balão se desloca no sentido contrário ao movimento do ar ao sair do balão. Um foguete, ao ser disparado para o espaço, funciona exatamente como um balão: a reação em função da saída dos gases pela abertura é o que proporciona o deslocamento do foguete no sentido contrário ao movimento desses gases.

Toda a atividade é supervisionada por professores, coordenadores pedagógicos e inspetores do Colégio Positivo Master, para que a tarefa ocorra de forma segura e didática. De acordo com Larissa, colocar em prática os conteúdos teóricos significa tirar os alunos de sua zona de conforto. “Eles podem construir e ver os erros e acertos de algo que estava apenas no papel”, afirma.

Além de incentivar os estudantes a aplicar conceitos da Física na solução de problemas, a atividade é interdisciplinar, já que também estão sendo explorados conceitos sobre Matemática, Química e Biologia. "O objetivo é estimular a curiosidade e o uso do raciocínio lógico, além de promover o espírito de cooperação e a interação entre os alunos", esclarece Larissa.

O trabalho será avaliado em diversos itens – entre eles, a criatividade e qualidade do foguete, a altura mínima alcançada pelo projétil  e o preenchimento de um relatório com dados e cálculos corretos, a respeito do conteúdo trabalhado em sala de aula e aplicado na prática.

 Informações Assessoria de Imprensa

Últimas Notícias
Bom Dia Astral 10/09/2019 ás 00:00h
Homem-estilo 09/09/2019 ás 22:30h
Insana 09/09/2019 ás 21:30h
Ponta Grossa 09/09/2019 ás 21:24h
Campos Gerais 09/09/2019 ás 21:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/280000/cover_00284374_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades