menu

CPS estende prazo para dívidas renegociadas

Inadimplentes poderão renegociar débitos e pagar primeira parcela em março de 2020. Antes, a quitação era no ato do acordo.

Quem estiver com parcelas em atraso em contratos com a Companhia Pontagrossense de Serviços (CPS) tem uma oportunidade inédita para quitar a dívida. Pela primeira vez, o pagamento da primeira prestação da renegociação poderá ser paga em até três meses depois do acordo. A novidade faz parte da campanha “Limpa Nome”.

De acordo com o diretor-presidente, Eduardo Marques, até então, para a pessoa renegociar a dívida com a CPS, era necessário pagar a primeira parcela no ato da assinatura do refinanciamento. Agora, quem buscar a companhia para iniciar a quitação do débito terá a primeira parcela lançada para 10 de março de 2020.

“Buscamos essa alternativa pensando nas pessoas que têm a intenção de renegociar o seu passivo com a CPS, mas que no momento não possui o dinheiro para iniciar o pagamento, com a primeira parcela. Agora, ela poderá organizar suas finanças para que no próximo ano volte a quitar os pagamentos. Além disso, dezembro e janeiro é um período que, geralmente, o cidadão tem gastos pessoais acima da média”, comentou.

A oferta abrange os contratos firmados até 2018. Segundo a CPS, a campanha se estende até 18 de dezembro.

Atualmente, a inadimplência de débitos de contratos em atraso está calculada em 35%, aponta o último balanço financeiro da CPS. Através do “Asfalto Cidadão”, a companhia custeia 50% e os moradores do referido perímetro a outra metade do serviço, que inclui terraplenagem, galerias pluviais, meio-fio, sub-base e capa de asfalto. As obras têm cinco anos de garantia.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 14/11/2019 ás 22:03h
Ponta Grossa 14/11/2019 ás 20:13h
Agronegócio 14/11/2019 ás 19:41h
Ponta Grossa 14/11/2019 ás 19:40h
Ponta Grossa 14/11/2019 ás 19:10h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00303120_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades