menu

Com criança no colo, mãe ameaça pular de sacada

O caso foi registrado na região de Uvaranas e mobilizou várias equipes dos órgãos de segurança da cidade

Uma mulher tentou se jogar de uma sacada com um bebê de aproximadamente sete meses de idade na tarde desta segunda-feira (27) em Ponta Grossa. O caso foi registrado na região de Uvaranas e mobilizou várias equipes dos órgãos de segurança da cidade. A mulher, mãe da criança, teria se trancado dentro de um sobrado e ameaçou a se jogar com o bebê de uma sacada.

A situação de grande tensão se iniciou com a chegada de conselheiros tutelares e da Guarda Municipal (GM) que foram até o local para dar apoio ao cumprimento de uma ordem judicial. Segundo os dados da GM, a Justiça teria determinado a retirada da criança de posse da mãe - a mulher, ao notar a presença dos conselheiros, se trancou dentro do imóvel.

Os guardas tentaram entrar na casa, mas a mulher teria ameaçado se jogar do local com o bebê de sete meses de idade. Foi então que os guardas decidiram isolar a rua e acionar o apoio da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros.

Várias equipes do Corpo de Bombeiros foram empregadas para dar o atendimento juntamente com a Policia Militar que isolou o local interditando a via por completo. As equipes dos militares começaram um trabalho de negociação com a mãe que estava trancada dentro da residência. Um dos vizinhos da mulher ajudou na negociação que durou aproximadamente 30 minutos.

A equipe do Jornal da Manhã e portal aRede esteve no local e conversou com o Segundo Tenente do Corpo de Bombeiros Bruno Da Macena, que foi responsável por conduzir a ocorrência. O tenente relata que as equipes foram acionadas para a situação de grande tensão e delicada por se tratar de uma tentativa de suicídio onde a mulher estaria de posse de um bebê. “Nossas equipes foram acionadas pelo conselho tutelar após a mãe ter um surto. A mãe teve alguns sinais e atitudes suicidas, a nossa equipe veio até o local para fazer a interversão para que não se concretizasse o suicídio, e estar ajudando a equipe do Conselho Tutelar, após a intervenção a mãe foi encaminhada pela nossa equipe do Siate ao Pronto Socorro Municipal e a criança foi entregue ao conselho. ” complementa.

A mulher foi encaminhada pela equipe do Siate para o Pronto Socorro Municipal para atendimento médico.

A criança seguiu com o Conselho Tutelar que ficou responsável pela segurança e bem-estar do bebê, ação determinada pelo Poder Judiciário.  

Resgate

Com o local cercado e com a ajuda de um pastor, que não teve a identidade revelada, as autoridades conseguiram resgatar a mulher e o bebê, todos sem ferimentos. A negociação durou aproximadamente 30 minutos. Ela foi levada a um hospital da cidade para receber atendimento - a mulher não teve o nome revelado. 

Últimas Notícias
Ponta Grossa 27/01/2020 ás 21:23h
Campos Gerais 27/01/2020 ás 20:15h
Ponta Grossa 27/01/2020 ás 19:59h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00311433_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades