menu

Educação irá implantar Comissões Escolares para garantir protocolos

Secretária de Educação recebeu o Sindicato dos Servidores e informou as diversas medidas e procedimentos que estão sendo adotados para um retorno organizado e seguro às aulas

 A secretária de Educação de Ponta Grossa, professora Simone Neves, recebeu na tarde desta quarta-feira representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Ponta Grossa, o SindServ. A gestora da pasta explicou detalhes a respeito do retorno às aulas na rede municipal, previsto para o dia 18 de fevereiro pela TV Educativa e dia 22 de maneira presencial. 

Após dois dias de aulas remotas (18 e 19/02), o primeiro grupo retornará no dia 22/02 às aulas presenciais, enquanto um segundo grupo de alunos acompanha as aulas pela TV Educativa. Na semana seguinte, o primeiro grupo fica com as aulas remotas, enquanto o segundo vai para a escola.

Os representantes ouviram o detalhamento das ações e apresentaram diversas questões. Na ocasião, o presidente do SindServ, Roberto Ferensovicz, solicitou que as aulas presenciais não sejam retomadas já em fevereiro. “Entendemos que as principais dúvidas já estão previstas todas em nosso protocolo de biossegurança, que será apresentado aos profissionais da Educação durante a semana pedagógica, para que cada unidade escolar discuta e adeque as ações à sua realidade”, relata Simone.

O Protocolo de Biossegurança, em processo de homologação pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19, formado por diversas secretarias municipais, contempla todos os procedimentos de limpeza e higiene, rotinas dos alunos, manuseio de materiais e uso dos espaços, aulas em sala e de Educação Física, entre outros. O protocolo também traz formas de acolhimento de funcionários, famílias e alunos, bem como informações sobre o atendimento pedagógico e emocional.


Comissões Escolares

Um dos procedimentos adotados pela SME é a instituição do Comitê da SME para o Gerenciamento das Ações de Prevenção contra a COVID-19 na Rede Municipal de Ensino de Ponta Grossa. É o grupo que está organizando internamente todos os protocolos de biossegurança, que serão apresentados às escolas. Este grupo também irá receber e orientar todas as situações e dúvidas das escolas.

Além disso, serão constituídas Comissões Escolares em cada uma das unidades escolares para introduzir as ações necessárias para um retorno seguro às aulas presenciais. “Daremos as diretrizes de entrada e saída, higienização, horários de recreio e lanche, educação física, transporte escolar, tudo detalhado. A comissão escolar vai adequar tudo à sua realidade, o seu espaço escolar, a organização mais adequada para aquele espaço”, comenta a professora Simone Neves. Ela indica que, com o acompanhamento da SME, as escolas irão fornecer orientações às famílias e alunos para que o retorno gradual às aulas presenciais ocorra de maneira tranquila, sempre com muito diálogo.

Conforme a secretária, o planejamento de retorno presencial – previsto para daqui a 27 dias – segue mantido. “Estamos recebendo diversos posicionamentos de professores que, mesmo preocupados, entendem que é um desafio a ser vencido. Elas estão se manifestando com a posição de que nossas crianças precisam deste retorno e que, em algum momento, ele terá que acontecer. Nós estaremos preparados para recomeçar”, relata Simone.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 28/01/2021 ás 09:29h
Ponta Grossa 28/01/2021 ás 09:22h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00364989_00.jpg?xid=1038642
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades