menu

Homem é condenado em PG por 'dar marteladas' na ex

Jadir Alexandrino Junior desferiu golpes na cabeça da vítima em janeiro de 2018. Pena é de dois anos, dois meses e 20 dias

O juiz Luiz Carlos Fortes Bittencourt sentenciou, nesta quinta-feira (28), Jadir Alexandrino Junior a dois anos, dois meses e 20 dias de reclusão por agressão à ex-companheira em janeiro de 2018. Segundo a decisão, o réu praticou “lesões corporais graves”, ao desferir golpes de martelo na cabeça da vítima.

A sentença aponta que o réu não concordava com o fim do relacionamento, o que ocasionou o crime. À época, a agressão foi classificada como ‘crime do martelo’ e levou Jadir ao Tribunal do Júri da Comarca de Ponta Grossa.

Na decisão de hoje, o magistrado citou que o autor do crime já cumpriu 10 meses em prisão preventiva, o que será descontado da totalidade da pena. Ainda, o documento aponta, em suas disposições finais, que o réu poderá recorrer em liberdade.

O Portal aRede entrou em contato com o advogado da defesa que classificou que está de acordo com a decisão e não recorrerá.

Últimas Notícias
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:40h
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:20h
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:09h
Cotidiano 29/01/2021 ás 08:40h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00365170_00.jpg?xid=1039175
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades