menu

PM dá novos detalhes de operação em condomínio

Rapaz de 23 anos de idade morreu após confronto com o Pelotão de Choque da Polícia Militar na região do Jardim Maracanã

A Polícia Militar (PM) emitiu uma nota sobre o confronto que terminou com a morte de um jovem de 23 anos de idade, em Ponta Grossa. Segundo a nota, a ocorrência teve início quando policiais militares apreenderam dois coletes de proteção balística, duas armas de fogo e drogas. “Um indivíduo veio a óbito, decorrente de confronto armado com uma equipe do Pelotão de Polícia de Choque do 1º BPM”, diz o documento.

Segundo a PM, a situação se iniciou com uma prisão efetuada por uma equipe do Pelotão de Choque, no início da manhã de hoje, no Jardim Maracanã. “Um homem de 22 anos foi preso em flagrante, portando dois Coletes de Proteção Balística, além de aproximadamente 30 gramas de “crack”, distribuídos em 14 unidades para consumo, e outra um pouco maior, ainda a ser fracionada”, diz o documento.

“Em sua residência, foram apreendidas outras 14 gramas do entorpecente, e R$200,00 (duzentos reais) em espécie. Este homem confessou à equipe policial que portava os coletes de proteção balística a mando de outra pessoa, e que também sob sua influência estaria negociando a aquisição de uma arma de fogo, apontando o endereço onde estaria o armamento ilegal e o respectivo proprietário, no bairro Cará Cará”, diz a nota. 

Continuidade da ocorrência

De posse das informações, uma outra equipe do Pelotão de Choque deslocou ao endereço do suspeito, sendo lá recebida por um homem de 23 anos, portando uma arma de fogo. “Ao perceber a presença dos PMs, e receber voz de abordagem, o homem apontou a arma em direção aos policiais. Revidando a iminente agressão, foram efetuados disparos de arma de fogo, ferindo o suspeito e neutralizando a ameaça”, informou a PM em nota. 

“O socorro pré-hospitalar chegou a ser acionado pelos PMs, porém quando da chegada de equipes do SIATE e SAMU no local, o homem já havia entrado em óbito. O local do confronto foi isolado, possibilitando os trabalhos de Perícia Criminal no local. A arma foi apreendida, e será apresentada na 13ª SDP na sequência”, diz o documento.

Segundo a PM, um terceiro homem foi preso em flagrante, portando um revólver calibre .38, na região do Jardim Aroeira. Ele é suspeito de ter negociado o armamento junto ao indivíduo que entrou em óbito, após o confronto.

Saiba mais: 

Homem morre após confronto em condomínio de PG

Últimas Notícias
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:40h
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:20h
Cotidiano 29/01/2021 ás 09:09h
Cotidiano 29/01/2021 ás 08:40h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00365170_00.jpg?xid=1039175
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades