menu

Procuradora do Trabalho é indicada para ministra no TST

Bancada Paranaense quer indicar procuradora regional do Trabalho para ministra no TST

A Bancada Paranaense Federal está articulando o apoio à indicação da procuradora regional do Ministério Público do Trabalho, Dra. Adriane Reis de Araújo, candidata à vaga ao Quinto Constitucional, devido a aposentadoria do ministro no Tribunal Superior do Trabalho, João Batista Brito Pereira.

O coordenador da Bancada, deputado federal Toninho Wandscheer, intermediou reunião virtual nesta quinta-feira (10) com a procuradora, a deputada Christiane Yared e os deputados Stephanes Junior, Aliel Machado e Luizão Goulart.

Na oportunidade, Dra. Adriane fez uma explanação sobre sua atuação, ideias e trabalho no Ministério Público. Ela também é coordenadora nacional da Coordenadoria de Promoção da Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho – Coordigualdade/MPT

“Dra. Adriane tem uma rica experiência e preenche todos os requisitos para ser a nova ministra no Tribunal Superior do Trabalho, levando um olhar coletivo de cuidado, inclusão e atenção no direito do trabalho. Mais uma importante mulher representando o nosso Paraná”, disse Wandscheer.

Entenda

O Quinto Constitucional é um dispositivo da Constituição Federal que prevê que 20% dos membros dos tribunais brasileiros sejam compostos por advogados e membros do Ministério Público. O processo de escolha para a vaga começa com uma lista formada pela OAB ou pelo Ministério Público, que se revezam para essa indicação. Como é âmbito federal, a escolha final é do Presidente da República. Sendo nomeada para o cargo de ministra, Dra. Adriane será a primeira ministra paranaense no Tribunal Superior do Trabalho.

Últimas Notícias
Cotidiano 10/06/2021 ás 21:30h
Ponta Grossa 10/06/2021 ás 20:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/380000/capa_00381363_0_202106102059.jpg?xid=1092351
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades