menu

Justiça condena mulher de PG que chamou criança de 'macaco'

Condenada xingou a criança de “macaco” e “gorila” e ainda puxou a orelha da vítima

A juíza da 3ª Vara Cível de Ponta Grossa condenou mulher a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) à criança de 07 anos de idade a qual foi vítima de agressão física e verbal ocorrida em playground nas dependências de shopping em Ponta Grossa.

O caso ocorreu em 30 de novembro de 2018 e foi flagrado em vídeo que registrou o momento em que a mulher agride a criança e chama o menino de “macaco”.

A condenação por danos morais ocorreu em processo de indenização movido pelo representante legal da criança contra a agressora.  A sentença reconhece que o vídeo registrado no momento dos fatos é “prova cabal e contundente” de que a ré xingou a criança de “macaco” e “gorila” bem como desferiu contra ela um puxão de orelha.

Os advogados Herculano de Abreu Filho e Fernando Madureira que representam a família da criança, afirmaram que a condenação representa necessária punição à agressora e tem como finalidade a reparação do dano moral causado ao menor, e que esperam que a acusada ainda seja condenada em processo criminal.


Últimas Notícias
Campos Gerais 18/06/2021 ás 10:27h
Cotidiano 18/06/2021 ás 09:18h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/380000/capa_00382282_0_202106172128.jpg?xid=1095377
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades