menu

Mercado Municipal de PG terá estrutura demolida

Restauração do imóvel não será possível e a empresa que venceu a licitação, a Tekla Engenharia, confirmou que o imóvel será demolido para a construção de um novo


O prédio do Mercado Municipal de Ponta Grossa terá as suas estruturas totalmente destruídas. Apesar dos esforços da Tekla Engenharia, vencedora da licitação para a concessão, para executar a restauração do imóvel, reiniciada no final do ano passado, alguns problemas observados impossibilitaram que isso seja feito. Por esse motivo houve a opção pela derrubada das paredes e dos pisos, que já foi iniciada. A decisão foi estritamente técnica, informou a Tekla em nota ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã. “Baseado em avaliações que ocorreram durante o mês de dezembro, por ocasião da retomada das obras com os serviços de limpeza interna e retirada de entulhos, constatou-se a necessidade técnica de retirada integral da estrutura existente”.

Diante desse contratempo, uma empresa de Curitiba, especializada em demolições, foi contratada e já iniciou a retirada da estrutura física existente. A demolição está sendo feita de maneira mecânica, de forma que o prédio ‘caia’ para seu interior, minimizando os transtornos às pessoas que residem e trabalham no entorno do Mercadão. Com a conclusão desta etapa, informa a assessoria de imprensa da Tekla, serão iniciadas as escavações, contenções e fundações do novo complexo do Mercado Municipal. A perspectiva é de que dentro de 120 dias o terreno já esteja limpo, pronto para as escavações e a colocação dos pré-moldados que serão utilizados na construção.

De acordo com o engenheiro civil Ricardo Siqueira, proprietário da Tekla Engenharia e responsável técnico da obra, mesmo com a decisão de demolição, a empresa estará trabalhando dentro do cronograma previsto, uma vez que a demolição e a recuperação dos pilares levará o mesmo tempo. Na próxima semana, ocorrerá a demolição da parte central da estrutura onde está localizada a caixa d’água. As obras devem ser concluídas ainda neste ano.

Quando pronto, local será transformado em um complexo comercial, com estandes para lojas, praça de alimentação, salas de cinema, edifício-garagem, e, mantendo as ‘raízes’ do Mercado Municipal, amplo espaço para produtores rurais venderem frutas, verduras, legumes, hortifrútis, entre outros. Um novo projeto arquitetônico foi apresentado no segundo semestre do ano passado, desenhado pelo conceituado escritório Dória Lopes Fiuza, de Curitiba.


Investimento será feito pela iniciativa privada

O investimento no Mercadão Municipal, como já foi anunciado durante a assinatura dos contratos da concessão, será superior a R$ 72 milhões. Nesse período, todo o investimento será realizado pela Tekla Engenharia, vencedora da licitação – ou seja, não será investido um único centavo de dinheiro público. O poder público, aliás, será beneficiado, com a construção de um espaço específico para ser transformado em um Centro de Inovação, cedido à Prefeitura, que irá beneficiar a população de toda a região.  

Últimas Notícias
Cotidiano 26/05/2019 ás 16:28h
Ponta Grossa 26/05/2019 ás 13:54h
Cotidiano 26/05/2019 ás 11:18h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00261074_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades