menu

Produção de grãos no Paraná teve aumento de 4,3 %

Área cultivada aumentou 1,3% e total de produção crescerá mesmo com quebra na produção da soja


De acordo com o 7º levantamento da safra de grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção total no Paraná deverá chegar a 36,5 milhões de toneladas. Isso representa um aumento de 4,3% em comparação à safra anterior, que foi de 35 milhões de toneladas. A área cultivada também mostrou elevação de 1,3%, passando de 9,56 milhões de hectares para 9,69 milhões de hectares plantados nesta safra.

Apesar da queda estimada em 14,6% na soja, devido a problemas climáticos nos locais de cultivo, o aumento geral da safra foi garantido pela produção de milho no estado. “Houve elevação na produção e área para o milho primeira e segunda safras. A produção chega este ano a 15,85 milhões t, 33,7% a mais do que no ano passado (11,86 milhões toneladas)”, explica o superintendente da Conab no Paraná, Erli de Pádua Ribeiro. “Já a área plantada está estimada em 2,58 milhões de hectares, 6,3% maior do que a anterior, que foi de 2,43 milhões de hectares”, completa o profissional.

De acordo com o boletim da Conab, a soja deve ter produção de 16,37 milhões de toneladas . O registro mostra queda acentuada em relação a 2018, que era de 19,17 milhões toneladas. A área plantada também diminuiu 0,5% nesta safra, passando de 5,46 milhões ha para 5,44 milhões de hectares.

Na região dos Campos Gerais, segundo o último levantamento da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, a produção de soja deveria atingir 2,06 milhões de toneladas, valor 3% menor na comparação com os 2,13 milhões contabilizados na safra imediatamente anterior. Isso ocorreu em função da redução na produção média por hectare desse grão, em função das condições climáticas não favoráveis registradas na janela de plantio. Contudo, a região dos Campos Gerais foi uma das que registrou a menor queda, pelo plantio ocorrer mais no final da janela. Na comparação com o ano passado, essa produtividade caiu apenas 3%, ao contrário de outras regiões, como Toledo, onde a redução chegou aos 40% de quebra, ao cair de um rendimento de 3,5 mil quilos por hectare na safra anterior para 2,1 mil nesta.


Colheita está na reta final

A soja e o milho já estão na reta final de colheita na região dos Campos Gerais. Segundo boletim do núcleo regional do Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Seab, as atividades de colheita foram interrompidas por um tempo, pelas chuvas registradas, mas retomadas na última quarta-feira, e seu encerramento deve ocorrer nos próximos dias. Na última sexta-feira teve início a colheita do feijão da segunda safra na região.


Com informação das assessorias

Últimas Notícias
Ponta Grossa 26/04/2019 ás 12:25h
Campos Gerais 26/04/2019 ás 12:00h
Cotidiano 26/04/2019 ás 11:07h
Campos Gerais 26/04/2019 ás 10:36h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/250000/cover_00257577_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades