menu

PG gera mais de mil vagas de emprego no quadrimestre

Somente em abril foram 147 postos de trabalho criados. Em 12 meses, cidade tem o 5º melhor desempenho do Paraná


Ponta Grossa encerrou o primeiro quadrimestre com mais de mil vagas de emprego geradas no mercado formal. O valor é um dos mais altos do estado, e fez o município aparecer na lista das dez cidades com melhor desempenho no saldo do emprego no Paraná, entre as cidades com mais de 30 mil habitantes. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Somente no mês de abril foram 147 novos postos gerados, frutos das 3.005 admissões e dos 2.858 desligamentos no período. O desempenho seguiu a tendência estadual, onde 9.228 vagas foram criadas, e a nacional, onde o saldo se aproximou de 130 mil. No acumulado do ano, de janeiro a abril, Ponta Grossa teve um saldo de 1.023 vagas, que representa cerca quase 3% dos 36 mil postos de trabalho criados no Paraná no período. 

No acumulado do ano, entre maio de 2018 e abril deste em Ponta Grossa, o saldo atinge 1.811, quinto melhor desempenho do estado entre as 60 maiores cidades, atrás apenas de São José dos Pinhais (2.486), Foz do Iguaçu (2.487), Maringá (4.484) e Curitiba (16.510). Outros municípios com mais de 200 mil habitantes, como Cascavel e Londrina ficaram na 9ª (1.178) e 14ª (624) colocações, respectivamente.

No mês de abril, em específico, a construção civil foi o grande destaque, com o incremento de 94 trabalhadores com carteira assinada, seguido de perto pelo comércio, com 87. Também manteve-se positivo o setor de serviços, com 22 postos novos. Por outro lado a indústria perdeu 16 vagas, a administração pública fechou 17 vagas e a agropecuária perdeu 23 postos de trabalho. 

Por outro lado, no acumulado do ano, o setor que puxa a geração de vagas é o de serviços, com 474 vagas, impulsionadas pela indústria, que gerou 307 postos de trabalho. Também positivos e próximos um do outro estão a administração pública, com 202, e a construção civil, com 171. Ficaram negativos apenas a agropecuária (-89) e comércio (-42). 

John Elvis Ramalho diretor da Agência do Trabalhador de Ponta Grossa exalta os números, lembrando que eles estão próximos dos registrados em todo o ano passado. “São três meses consecutivos de resultados positivos, então a tendência é que continue positivo e feche o ano com cerca de 2 mil vagas. Vamos continuar trabalhando”, afirma ele, que destaca a intenção de otimizar o trabalho da agência para que o maior número possível de vagas oferecidas seja preenchida.


Mês é o melhor desde 2013 para o país

O Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos. Este foi o melhor resultado para abril desde 2013. Na época, o Caged registrou a criação de 196.913 vagas. Para Ponta Grossa, no entanto, abril de 2018 foi melhor, com 170 novas vagas abertas. O Paraná, com 37.876 novos empregos, fechou os 120 primeiros dias do ano como o quarto Estado que mais contratou, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. Números que podem crescer, como explicou o governador Ratinho Junior, em função da nova fábrica da Klabin na região.

Últimas Notícias
Cotidiano 25/06/2019 ás 18:35h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 18:17h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 17:48h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 16:42h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00264694_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades