menu

Procura por materiais escolares cresce em PG

Fim de semana registrou alto movimento e vendas já estão superiores às registradas em 2019


Falta menos de um mês para o início das aulas. Isso traz um grande reflexo em um setor específico do comércio: o de livrarias e papelarias. Neste ano de 2020, as compras já estão bastante intensas, que já refletem em uma alta procura em empresas do setor, como a Livrarias Curitiba, instalada no Shopping Palladium de Ponta Grossa, que já registra um incremento de 7% nas vendas, na comparação com o mesmo período no ano passado. 

Embora haja uma tendência, nos últimos três ou quatro anos, de antecipação das compras em dezembro, ainda é um volume bastante baixo se comparado com o volume registrado em janeiro e fevereiro. Neste início ano, o movimento aumentou – e muito – no último fim de semana, no sábado dia 11, e no domingo, dia 12 de janeiro, em Ponta Grossa. “O primeiro final de semana foi bastante movimentado, que começou na sexta. Os pais começaram a retornar das férias de verão e saíram às compras”, relatou Paulo Henrique de Lima, supervisor de varejo do Grupo Livrarias Curitiba. 

De acordo com ele, janeiro é o mês de maior volume de vendas para o setor. A perspectiva é de que os principais dias de vendas da loja sejam nos dois fins de semana que antecedem as aulas, dias 25 e 26 de janeiro, e dias 1 e 2 de fevereiro. “Por isso, aconselhamos os pais, que quiserem maior conforto, a fazerem as compras antecipadas nos dias de semana”, indica. 

A Livraria aposta em diferenciais para elevar as vendas. Entre eles está a possibilidade de parcelar a compra em até dez vezes sem juros. Além disso, conta com uma disponibilidade de mais de 3 milhões de itens, e os produtos de papelaria que estão em alta – para este ano, o supervisor aponta a Frozen, especialmente pelo filme recente. Porém destaca uma infinidade de produtos que chamam a atenção dos jovens e adolescentes, como cadernos inteligentes, cadernos fichários, cadernos com capas específicas tais como K Pop, BT21, Stranger Things, Fortnite, O Pequeno Príncipe, Harry Potter, Mario, Sereias, Nickelodeon e linha exclusiva Kajoma; estojo box; itens com tons pasteis e metalizados; canetas Stabilo, Fun PoopStore e hidrográfica Emott, entre outros.


Produtos tiveram leve alta

Em relação aos preços, de acordo com o levantamento realizado pela Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (ABFIAE), nesta volta às aulas, os itens devem estar, em média, 8% mais caros do que em 2019. Contudo, Paulo Henrique de Lima destaca que os produtos de marcas renomadas tiveram uma variação menor. “Nos preocupamos para negociar com fornecedores e fazer boas promoções, trazendo preços imbatíveis nos produtos básicos”, completa Lima.

Últimas Notícias
Romulo Cury 17/01/2020 ás 02:00h
Ponta Grossa 16/01/2020 ás 21:02h
Cotidiano 16/01/2020 ás 20:49h
Ponta Grossa 16/01/2020 ás 20:15h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00310280_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades