menu

Cocari anuncia início de operações em Ponta Grossa

Cooperativa fechou dois contratos de locação por prazo determinado, com opção futura de compra, de duas unidades de recebimento de grãos, uma em Ponta Grossa e outra em Imbituva

Uma das maiores cooperativas agroindustriais do Paraná anuncia a entrada em municípios da região dos Campos Gerais. É a Cooperativa Agropecuária e Industrial - Cocari, sediada em Mandaguari, norte do Paraná, que fechou dois contratos de locação por prazo determinado, com opção futura de compra, de duas unidades de recebimento de grãos: uma em Ponta Grossa e outra em Imbituva. A informação foi confirmada pelo Conselho de Administração da Cocari na última sexta-feira (24). Os principais objetivos com a atuação na região dos Campos Gerais são reduzir custos logísticos e incrementar suas estruturas de recebimento, bem como ampliar oportunidades de negócios em novas áreas de atuação.

Atualmente, a Cocari atua em apenas um município da região dos Campos Gerais, Ortigueira, onde está presente desde 2008 e realizou um investimento de R$ 15 milhões para instalar uma unidade com loja aos cooperados, inaugurada em 2017. Agora, mais ao sul dos Campos Gerais, a unidade em Ponta Grossa será utilizada como um pulmão, para que a Cocari tenha capacidade de alojar, na própria cooperativa, aquilo que a Cocari paga para terceiros para armazenar de grãos. Já a unidade de Imbituva será utilizada como um entreposto.

O presidente da Cocari, Vilmar Sebold, ressalta que essa expansão de área para a cooperativa é importante diante da necessidade da ampliação das estruturas físicas da Cooperativa. “Graças à credibilidade dos associados, a Cocari vem, ano a ano, crescendo no recebimento de grãos. Com isso, nossa estrutura vem ficando pequena. No fim de 2019 fomos procurados por uma trader internacional, que nos colocou a oportunidade de fazer a locação de instalações em Ponta Grossa e em Imbituba, por um prazo de três anos, com a preferência de compra futura”, frisou.

O local em Ponta Grossa tem capacidade para 50 mil toneladas, ou seja, um pouco mais de 830 mil sacas de cereais, e em Imbituva tem capacidade para 20 mil toneladas, pouco mais de 330 mil sacas de capacidade estática. “Fizemos todo um planejamento interno e agora começamos o trabalho, efetivamente, para termos a oportunidade de utilizar essas estruturas já nesta safra de soja. É uma oportunidade válida, que irá resolver em parte a demanda por estrutura que nós temos, e acreditamos que será uma excelente oportunidade para nossa cooperativa, em benefício do nosso crescimento e desenvolvimento dos associados, que são os donos da Cocari”, analisou Sebold.


Faturamento atingiu R$ 1,9 bilhão em 2018

Fundada em 1962, a Cocari está prestes a completar 58 anos, no próximo dia 7 de fevereiro. A Cooperativa atua em 28 municípios, localizados nos estados do Paraná, Goiás e Minas Gerais. Suas principais áreas de atuação são soja, milho, café, trigo e avicultura. É uma das 15 maiores cooperativas do estado do Paraná, que registrou, em 2018, um faturamento de R$ 1,9 bilhão. A Cooperativa possui 17 unidades regionais, sendo 12 no Estado do Paraná, quatro em Goiás e uma em Minas Gerais.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 27/01/2020 ás 21:23h
Campos Gerais 27/01/2020 ás 20:15h
Ponta Grossa 27/01/2020 ás 19:59h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00311433_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades