menu

Pequenos negócios geraram 91% dos empregos no PR

Com mais de 46 mil vagas de trabalho formal, as pequenas empresas alcançaram um resultado 18% superior ao registrado em 2018

As micro e pequenas empresas paranaenses encerraram 2019 com um saldo de 46.747 empregos. O número representa 91% do total de novas vagas criadas em todo o estado no ano passado, que foi de 51.194, de acordo com análise do Sebrae, realizada a partir de dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. O desempenho das micro e pequenas empresas paranaenses foi 18% superior ao registrado em 2018, quando geraram 39.475 postos de trabalho.

O setor de Serviços liderou o número de contratações e encerrou o ano com um saldo de 26.822 vagas. O Comércio ficou em segundo lugar, com 10.874 novos postos de trabalho, seguido pela Construção Civil, com 5.110 empregos, Indústria da Transformação, com 3.962, Serviços Indústrias de Utilidade Pública (SIUP) - que engloba o saneamento básico, energia elétrica -, com 377 novas colocações. Os setores Agropecuário e de Extrativa Mineral encerraram o ano com saldo negativo de 392 e 6 vagas, respectivamente.

“Os empreendedores de micro e pequenas empresas representam uma grande força de desenvolvimento econômico e social, como mais uma vez ficou evidente em 2019. O Sebrae/PR existe para ser o parceiro dos pequenos negócios, apoiando-os desde a sua formalização, para que possam crescer e contribuir com o cenário de recuperação econômica”, analisa Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae/PR.

De Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, vem o exemplo de uma empresa que gerou postos de trabalho no ano passado, período que marcou a abertura da açaiteria idealizada pelo empresário Leandro Ionak e pela sócia Brenda Tarsis Nogueira. “Fomos motivados pela mudança, pelo empreendedorismo, pela vontade de expansão e crescimento. O açaí é um mercado em expansão, um excelente produto, com taxa de retorno atrativo e permite uma gama de opções muito ampla. É um modelo de negócio de gestão simplificada, com grandes taxas de assertividade”, comenta Leandro.  

O novo empreendimento gerou dois postos de trabalho, mas a expectativa é de fazer novas contratações neste ano. “A ideia inicial sempre foi expandir e, neste momento, estamos trabalhando para inaugurar a segunda unidade, na modalidade de quiosque, em outra cidade do Estado, onde serão gerados mais dois empregos”, conta.

Brasil

No Brasil, os pequenos negócios mantiveram, em 2019, um desempenho na geração de vagas de trabalho formal superior ao registrado pelas médias e grandes empresas, resultando no melhor saldo de empregos formais para esse segmento dos últimos cinco anos. Essas empresas terminaram o ano com um saldo de 731 mil postos de trabalho, número 22% acima do registrado em 2018.  Já as médias e grandes encerraram o ano com um saldo negativo de 88 mil vagas, quase o dobro do registrado em 2018.

As informações são da assessoria de imprensa

Últimas Notícias
Ponta Grossa 07/02/2020 ás 23:00h
Cotidiano 07/02/2020 ás 21:44h
Ponta Grossa 07/02/2020 ás 20:50h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00313102_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades