menu

Agência do Trabalhador de PG realiza 9,6 mil atendimentos

Em 20 dias de atendimento, foram 820 novos cadastros e 2,6 mil trabalhadores encaminhados para as vagas 


Reconhecido como um mês de grande movimento nas Agências do Trabalhador, janeiro manteve essa característica em Ponta Grossa. Entre 6 de janeiro, dia de reabertura do órgão, e o dia 31 de janeiro, quase 10 mil atendimentos foram realizados no município, a maior parte deles para a intermediação de vagas no mercado de trabalho. Entre os frequentaram a agência, 820 fizeram o cadastro pela primeira vez. Entre os que buscavam uma vaga de emprego, 2.669 foram encaminhados para as empresas.

Neste período de quatro semanas, exatamente 20 dias de atendimento, foram ofertadas 497 vagas de trabalho, número inferior aos 728 postos registrados em 2019. Dois setores foram os principais responsáveis pelas ofertas. “Percebemos que foram abertas vagas na área de comércio e serviços principalmente; já para os próximos meses deste ano esperamos que outras áreas como a indústria venham abrir mais vagas; outra que já está voltando em crescente contratação será na área da construção civil, principalmente na região o que irá trazer uma perspectiva muito grande para a cidade de Ponta Grossa”, informa Nilton Bahls, coordenador de Administração da Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional e diretor interino da Agência do Trabalhador.

Contudo, apenas parte delas foi preenchida: 138 candidatos conseguiram ser colocados no mercado no decorrer do mês. O principal motivo disso é a falta de qualificação e perfil específico, conforme exigido pelo empregador. Justamente para minimizar esse problema que a prefeitura lançou, em novembro do ano passado, a primeira Escola de Qualificação Profissional Municipal do Paraná, instalada na Estação Saudade, ao lado do Terminal Central. No ano passado, foram 194 colocados. Quanto ao seguro desemprego, foram 1.032 atendimentos referentes a emissão de seguro-desemprego, valor inferior aos 1.086 de 2019.

Sobre as perspectivas para 2020, Bahls declara que são animadoras. “Com a expectativa de novos investimentos e do retorno da credibilidade na economia do país, acreditamos que ocorrerá um aumento considerável de vagas de emprego em nossa cidade. O momento é agora, lembrando que o mercado fica com quem se qualifica”, conclui.


Órgão organiza o direcionamento de novas oportunidades

Com o objetivo de aumentar a oferta de encaminhamentos para vagas de emprego, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa realiza o direcionamento de novas oportunidades a partir de duas frentes: cadastro de vagas vindos de iniciativa dos empregadores e captação ativa dos servidores do posto de atendimento. O cadastro de novas oportunidades através de iniciativas dos empregadores é feito por meio de visitas à Agência do Trabalhador, contatos telefônicos, e-mail ou cadastro no Portal Mais Emprego. Por outro lado, a captação ativa ocorre quando a iniciativa é realizada pela equipe da Agência, por meio de visitas a empregadores, contatos telefônicos, e-mail, para fomentar a captação de vagas.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 07/02/2020 ás 23:00h
Cotidiano 07/02/2020 ás 21:44h
Ponta Grossa 07/02/2020 ás 20:50h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00313102_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades