menu

Sicredi cresce e fecha 2020 com R$ 3,4 bi em ativos

Cooperativa atingiu a marca de 80 mil associados em 2020. Do resultado de R$ 63,2 milhões, parte será dividida entre cooperados

A Cooperativa Sicredi Campos Gerais fechou o ano de 2020 com um expressivo crescimento em todos os setores em que atua. Após registrar um aumento de 9 mil cooperados nos 12 meses, elevando o número de associados de 71,7 mil para 81,7 mil, em alta de 12,5%, a Sicredi Campos Gerais viu os seus ativos totais ter um salto de quase 50%, ao passar de 2,3 bilhões, ao final de 2019, para 3,43 bilhões ao final de 2020. Tudo isso em um ano em que o Produto Interno Bruto (PIB) do país teve uma retração estimada em 4,5%. Ao final, o resultado (lucro) foi de R$ 63,2 milhões, dos quais, R$ 12,6 milhões serão distribuídos entre os associados – em 2019, o resultado obtido foi de R$ 52,9 milhões. 

Os recursos administrados pela cooperativa também tiveram um salto importante, superior a R$ 1 bilhão, ao passar de R$ 2,14 bilhões para R$ 3,27 bilhões. No quesito crédito rural, houve uma alta de 25,9% no valor liberado em 2020, atingindo o montante de R$ 822,2 milhões liberados para financiar o crescimento do agronegócio regional. Em crédito total, o valor liberado chegou a R$ 2,11 bilhões, ou seja, um crescimento de 38,8% em relação a R$ 1,52 bilhão. A carteira de poupança também cresceu em quase R$ 150 milhões, ao passar de R$ 331,6 milhões para R$ 480,7 milhões (alta de 44,96%).

O diretor executivo da Sicredi Campos Gerais PR/SP, Marcio Zwierewicz, reconhece que os números foram acima do esperado. E atribui a alta naquilo que o Sicredi sempre teve como diferencial: o atendimento diferenciado para os associados. “O ano de 2020 realmente nos surpreendeu positivamente, especialmente em função de todas as dificuldades impostas pela pandemia. Mas sem dúvida, se for eleger o principal fator que proporcionou o crescimento recorde em 2020, eu diria que foi o foco no atendimento”, destacou.

O lançamento do atendimento agendado, de modo a evitar aglomerações, protegendo o associado e os colaboradores da agência, foi essencial na evolução da liberação de crédito. “Com isso, aumentamos em 38% a nossa liberação de credito, operando R$ 130 milhões com linhas especiais do governo. No agronegócio, que é muito forte na região, foi um ano excepcional, em produtividade e no câmbio, onde produtores tiveram faturamento fantástico. Além disso, as pessoas depositaram seus recursos aqui, guardaram no momento de crise, aplicaram, fizeram poupança, então em todas as modalidades de aplicação a Sicredi Campos Gerais cresceu”, ressaltou o executivo


Agro e atendimento serão diferenciais para evolução no ano

O ano de 2021 ainda parece uma incógnita quanto ao crescimento da economia. E isso traz uma cautela ao diretor executivo ao falar das perspectivas para o ano. Contudo, destaca o trabalho projetado para que seja mais um ano bastante positivo. “Creio que precisaremos chegar até a metade do ano para poder medir os efeitos que teremos, em função da pandemia. Mas enquanto isso, estaremos sempre focando no atendimento ao associado, dando consultoria, a exemplo de 2020. O agro teve ter uma safra boa, com bons preços, então com o agro forte, e os diferenciais do Sicredi, acreditamos que vamos continuar crescendo, trazendo um ano positivo”, concluiu.

Últimas Notícias
Campos Gerais 02/02/2021 ás 21:00h
Campos Gerais 02/02/2021 ás 20:32h
Ponta Grossa 02/02/2021 ás 20:30h
O Melhor da Educação 02/02/2021 ás 20:16h
Cotidiano 02/02/2021 ás 19:30h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00365565_00.jpg?xid=1040459
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades