menu

Tatra anuncia novos negócios em reunião em PG

Encontro foi realizado com a prefeita Elizabeth Schmidt. Novo planejamento de produção também foi apresentado 


Representantes da Tatra Trucks, que instala sua unidade fabril em Ponta Grossa, reuniram-se com a prefeita do município, Elizabeth Schmidt, na tarde desta quarta-feira (3), para apresentar novos negócios que a companhia pode explorar no mercado. Além disso, foi apresentado um novo planejamento de fabricação que será adotado, que surgiu diante das restrições trazidas pelo novo coronavírus, seja pelo mercado ou pela dificuldade encontrada junto a fornecedores. A previsão para o início de produção no município segue para o segundo semestre de 2020. Estiveram presentes o presidente da  TatraBras, Rui Lemos, e o chefe de exportação, Pavel Petrasek.

A reunião foi fechada, e detalhes específicos não foram revelados, mas segundo informações dos representantes da Tatra as novas estratégias foram apresentadas, as quais envolvem desenvolvimento de mercado para a área de caminhões específicos para uso do Governo. A evolução da produção, em quantidade, contudo, depende da demanda do mercado. “Está sendo feita uma mudança de tópicos que a empresa tinha anteriormente trabalhado devido à pandemia. A Tatra está com um novo planejamento de acordo com especificidades do próprio governo, e hoje viemos apresentar a prefeita qual será a estratégia de abordagem para 2021”, explica Lemos. 

A empresa investirá, inicialmente, R$ 102 milhões para produzir, em Ponta Grossa, os caminhões da linha Phoenix, com tração 6X6 e 8X8, utilizados em condições extremas no ‘off-road’, destinados, por exemplo, para o setor madeireiro e mineração. A empresa também produzirá chassis para o uso militar. Os produtos da empresa serão destinados para o mercado nacional e exportados para a América Latina e África. “Nossa conversa com a empresa visa sempre ações positivas, queremos o melhor para a cidade e para as empresas que se instalam aqui. Vamos continuar buscando o crescimento econômico da nossa cidade e geração de empregos”, comenta Elizabeth.


Empresa poderá fabricar até 800 caminhões por ano

A sede da empresa em Ponta Grossa inicialmente estará em um condomínio industrial localizado na região do Distrito Industrial. Além do investimento inicial, de acordo com o protocolo de intenções assinado junto ao Governo do Estado e ao Governo Estadual, conforme a demanda do mercado, os investimentos poderão chegar a R$ 600 milhões. A planta terá capacidade para produzir 225 caminhões por ano a partir de 2022 e até 800 caminhões/ano depois de 2025, gerando 300 vagas de emprego.



Últimas Notícias
Campos Gerais 04/02/2021 ás 20:30h
Ponta Grossa 04/02/2021 ás 19:52h
Ponta Grossa 04/02/2021 ás 19:14h
Cotidiano 04/02/2021 ás 19:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00365915_00.jpg?xid=1041504
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades