menu

Preço do etanol em PG fica 77% mais caro em 10 meses

Preço médio do litro subiu de R$ 2,43, em maio de 2020, para o valor médio atual de R$ 4,30 


Nos últimos dez meses, os preços dos combustíveis deram um salto em Ponta Grossa e em todo o Brasil. Os valores do litro do etanol, diesel e gasolina tiveram um incremento médio superior a 60%, somando os três combustíveis. Apesar dos anúncios das constantes altas do diesel e da gasolinas, anunciados pela Petrobras, que totalizaram seis reajustes somente neste ano de 2021, o combustível que teve o maior incremento no valor foi o etanol, que registrou uma alta de 77% desde maio de 2020, em Ponta Grossa. 

Um levantamento feito pelo Portal aRede, através do aplicativo ‘Menor Preço’, nesta segunda-feira, com a coleta de preço em mais de 30 postos de combustíveis na cidade, seja no perímetro urbano ou rodovia, apontou que o preço médio do etanol na cidade é de R$ 4,309. Os preços do etanol comum variam entre R$ 4,09 e 4,69 o litro. Em maio de 2020, quando os preços atingiram o mínimo em todo o ano, o valor médio do combustível na cidade era de 2,43 o litro, variando entre R$ 2,29 e R$ 2,63. A variação média nesses 10 meses foi de R$ 1,87, o que representa um aumento de 77,2% em cerca de 300 dias. Cabe observar que se pegar o posto que vendia o combustível mais barato (R$ 2,29) e comparar com o que hoje vende mais caro (R$ 4,69), o preço pago por alguns consumidores mais que dobrou.

Quanto ao diesel comum (S500), hoje o seu preço médio é de R$ 4,04, mais barato que o valor pago pelo etanol. Contudo, há dez meses, esse panorama era diferente: a média do preço por litro era de 2,71. Isso significa que o diesel foi o combustível com a menor variação de preço nesse período, de 49,1%, registrando um aumento de R$ 1,33 nos 10 meses. Hoje, os valores pagos estão variando entre R$ 3,96 e R$ 4,19 nos postos da cidade; enquanto que em maio, a variação girava entre R$ 2,54 e R$ 2,79.

Já a gasolina teve o maior aumento em valores absolutos, com o litro tendo um aumento médio superior a R$ 2 nestes 10 meses. No levantamento realizado pelo Portal aRede, o preço médio do combustível derivado do petróleo é de R$ 5,35, enquanto que há 10 meses, conforme os dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do litro era de R$ 3,33. Essa variação, de R$ 2,02, representa uma alta de 60%. Hoje, o lugar mais barato vende o litro da gasolina R$ 5,14, e o mais caro comercializa a R$ 5,75; enquanto que há 10 meses, essa variação era entre R$ 3,19 e 3,54.


Última alta foi de 9,2%

O último aumento dos combustíveis, anunciado pela Petrobras, ocorreu na segunda-feira passada, dia 8 março. Na oportunidade, a empresa confirmou que, a partir do dia seguinte, a gasolina seria comercializada nas refinarias pelo preço médio de R$ 2,84, em uma alta de cerca de 9,2% ao que vinha sendo praticado (R$ 2,60). Já para o litro do diesel, o reajuste anunciado foi de R$ 2,71 para R$ 2,86, um encarecimento de cerca de 5,5%.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 18/09/2021 ás 09:59h
Ponta Grossa 18/09/2021 ás 09:31h
Cotidiano 18/09/2021 ás 09:00h
Ponta Grossa 18/09/2021 ás 08:35h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/390000/capa_00393853_0_202109172202.jpg?xid=1135144
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades