menu

Arrecadação de ICMS na região cresce 38%

Aumento de R$ 298 milhões para R$ 411,7 milhões é reflexo de um crescimento e recuperação na atividade econômica em grande parte dos municípios


A arrecadação de tributos estaduais do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) segue em alta em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais. Nos três primeiros meses de 2021, o valor arrecadado pela Receita Estadual em Ponta Grossa e nos outros 21 municípios que compõem a 3ª Delegacia Regional teve crescimentos mensais, não apenas em relação a 2020, mas também em relação aos respectivos meses nos anos anteriores. Neste período, entre janeiro e março, o incremento nominal na arrecadação regional foi de 38,14%, em relação a 2019, subindo de R$ 298 milhões para R$ 411,7 milhões.

Somente no mês de março, o valor arrecadado na região foi de R$ 107 milhões, valor 22,7% superior ao registrado em março de 2020 (R$ 87,9 milhões), o primeiro mês que teve o impacto do coronavírus na região. A evolução foi superior à média estadual, que cresceu 15,3%. Contudo, ainda assim, foi um valor inferior ao registrado nos meses anteriores: R$ 117,5 milhões em fevereiro e R$ 186,3 milhões em janeiro. No caso de janeiro, ocorreu a maior alta nominal no período mensal, de 72,2%. No acumulado do ano, a alta de 38% na arrecadação reflete um incremento de R$ 113,7 milhões em ICMS recolhidos junto às empresas que atuam nos Campos Gerais. 

Sobre esse desempenho estadual, uma nota enviada à imprensa pela delegada regional, Audrey Grubba, atribui o crescimento à alta na atividade econômica e ao sério trabalho da Receita Estadual. “As empresas contribuintes do ICMS, sob a jurisdição da 3ª DRR, apresentaram um resultado excepcional, que pode ser indicativo da continuidade na recuperação da atividade econômica na região, bem como do trabalho sério realizado pela administração tributária da 3ª DRR”, informou.

Já quanto ao município de Ponta Grossa, a variação em março foi de 14,7%, passando de R$ 60,1 milhões para R$ 69,05 milhões no período. O valor contribuiu para fazer elevar o valor total arrecadado com ICMS para R$ 303,03 milhões, montante que é 42,2% superior aos R$ 213 milhões recolhidos no primeiro trimestre de 2020. Trata-se de um resultado três vezes superior à média estadual.


Estado recolhe R$ 9,15 bilhões no primeiro trimestre

O mês de março também foi positivo em âmbito estadual. Nos 31 dias do mês, o valor recolhido em ICMS junto aos 399 municípios paranaenses foi de R$ 2,92 bilhões, valor 15,3% superior aos R$ 2,53 bilhões registrados em março de 2020. Já no acumulado do ano, o valor recolhido no Estado chegou a R$ 9,15 bilhões, montante que cresceu 12,5% na comparação com os R$ 8,13 bilhões contabilizados no decorrer do primeiro trimestre de 2020.

Últimas Notícias
Cotidiano 07/04/2021 ás 22:00h
Campos Gerais 07/04/2021 ás 21:00h
Cotidiano 07/04/2021 ás 20:30h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/370000/cover_00373141_00.jpg?xid=1064429
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades