menu

Comércio de PG tem alta de 1,24% no 1º bimestre

Desempenho foi o terceiro melhor entre as seis regiões avaliadas no Estado. Dos oito setores, quatro ficaram positivos


O comércio de Ponta Grossa registrou, no primeiro bimestre, um resultado superior ao registrado no mesmo período em 2020. Números da pesquisa conjuntural, realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) aponta que o desempenho das vendas e o faturamento foram superior em 1,24%. O desempenho foi superior à média estadual, onde houve uma alta retração média de 0,46%, e apenas inferior às médias registradas em Curitiba e Região Metropolitana e Londrina, que tiveram altas de 2,05% e 3,6%, respectivamente. O pior desempenho foi de Maringá, com uma baixa de 11,02% no bimestre. 

Entre os oito setores avaliados no comércio local, quatro ficaram positivos e quatro ficaram no ‘vermelho’. O melhor desempenho foi do setor de autopeças, que teve um incremento de 21,8% nas vendas, na comparação com o período em 2020. Na sequência apareceram os supermercados, com incremento de 7,9%, e os materiais de construção, com elevação de 6,42%. Por outro lado, os piores desempenhos foram das lojas de departamentos, com queda de 15,4%; vestuário e tecidos, com retração de 31,4%; e o de livraria e papelaria, com queda de 34,8%. 

Apenas comparando as vendas de fevereiro deste ano, com as de fevereiro de 2020, Ponta Grossa teve uma leve retração nas vendas, de 0,7%. O desempenho foi apenas melhor que o da região Oeste, onde houve baixa de 6,6% e a região de Maringá, que registrou retração de 11,2%. Por outro lado, o melhor desempenho mensal foi o de londrina, que teve alta de 8%. Neste mês, em Ponta Grossa, cinco setores tiveram queda e três tiveram alta nas vendas. O destaque positivo foi o setor de autopeças, com alta de 40,4% em relação a fevereiro de 2020, seguido pela construção civil, que teve alta de 8,4%; ao passo que os piores desempenhos foram dos setores de vestuário e tecidos (-23,3%) e livraria e papelaria (-32,4%).


Desempenho no estado demonstra ascensão em 2021

A média estadual no primeiro bimestre foi uma alta de 0,46%, comparado com um cenário de pré-pandemia. Na avaliação da Fecomércio, esse desempenho demonstrou o movimento ascendente da economia paranaense no início deste ano, antes do agravamento do número de casos de covid-19 no estado e no país. Tanto que o faturamento do varejo em fevereiro foi 1,50% superior ao computado no mesmo mês de 2020, especialmente nos setores de móveis, decorações e utilidades domésticas (25,63%), materiais de construção (17,82%) e farmácias (11,79%).

Últimas Notícias
Campos Gerais 29/04/2021 ás 23:30h
Campos Gerais 29/04/2021 ás 23:00h
Campos Gerais 29/04/2021 ás 22:30h
Campos Gerais 29/04/2021 ás 22:00h
Ponta Grossa 29/04/2021 ás 21:38h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/370000/capa_00375956_0_202104282128.jpg?xid=1073512
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades