menu

Pagamento do IPTU rende R$ 62 mi aos cofres de PG

Maior parte dos contribuintes não quitou seus débitos dentro do prazo estipulado pelo município e inadimplência chega a 56%


Terminou, no último dia 19 de maio, o prazo para o pagamento à vista do IPTU, em Ponta Grossa, com desconto de 15%. A data também era a mesma para o vencimento das primeiras parcelas para quem optou pelo parcelamento do imposto. Do montante de 164 mil cadastros no município, pouco mais de um terço, 58 mil (ou 35,3% do total), optaram pelo pagamento à vista do imposto, totalizando um total arrecadado de R$ 50 milhões com a cota única. Já pelo pagamento parcelado, 14,4 mil cadastros optaram por essa modalidade, resultando em R$ 12 milhões aos cofres municipais. Com isso, somando o obtido pela cota única e primeiras parcelas pagas, o município recolheu R$ 62 milhões entre janeiro e quarta-feira da última semana. 

Ao subtrair o total de cadastros pagos com o total de lançamentos, é possível concluir que há 91 mil contribuintes inadimplentes. Isso significa que 56% dos cadastros não quitaram seus débitos dentro do prazo estipulado pelo município. “A arrecadação ficou abaixo do que a gente esperava, até porque quando fizemos o lançamento, em dezembro, não sabíamos que a pandemia continuaria. Então ficou abaixo do que o município tinha projetando durante o lançamento”, informou Claudio Grokoviski, secretário municipal de Fazenda.

Porém, Grokoviski vê dois motivos principais para essa alta taxa de inadimplência: uma é o prazo dilatado dos pedidos de revisão e isenção, junto ao município, que vai até o dia 29 de outubro. Já o outro é relacionado ao pacote de medidas anunciado pelo executivo. “Pelo pacote de retomada da economia, os contribuintes poderão pagar o imposto até o dia 31 de dezembro com 100% de descontos nos juros e em multas. Então isso fez o contribuinte pensar em seu fluxo de caixa e, talvez, alguns optaram por deixa para pagar no final do ano, com o 13º salário, por exemplo”, declarou Grokoviski, reconhecendo essa inadimplência até o momento de 56%, como “muito alta”.


Números

Neste ano, o tributo foi lançado para cerca de 164 mil cadastros, aproximadamente 4.800 a mais que no ano anterior. O valor total lançado para este ano, considerando IPTU e taxa da coleta de lixo é de R$ 140 milhões, R$ 3 milhões a mais que em 2020. Considerando pedidos de isenção e o índice de inadimplência no fechamento de 2020, a expectativa de arrecadação em 2021 é de R$ 110 milhões.

Últimas Notícias
Bom Dia Astral 18/09/2021 ás 17:00h
Ponta Grossa 18/09/2021 ás 16:38h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/390000/capa_00393853_0_202109172202.jpg?xid=1135144
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades