menu

Arrecadação de ICMS na região cresce 37% e soma R$ 632 mi

Crescimento foi o maior entre as maiores delegacias regionais da Receita Estadual. Crescimento no ano é de R$ 173 milhões


A delegacia da Receita Estadual (3ª DRR) em Ponta Grossa segue se destacando no Estado do Paraná quanto à arrecadação de impostos. Somados os valores recolhidos em Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nestes cinco primeiros meses de 2021, junto aos 22 municípios da regional, foi atingido o montante de R$ 632,98 milhões. No ano passado, no mesmo período, foram recolhidos R$ 459,3 milhões, o que significa que houve um aumento de 37,8% na arrecadação em Ponta Grossa e região dos Campos Gerais, ou seja, de mais de R$ 170 milhões em apenas cinco meses. Trata-se de uma alta acima da média estadual, de 24,5%, e maior que o das principais delegacias regionais do Estado.

Se comparado apenas o mês de maio, o valor cresceu 35% ao passar de R$ 80,4 milhões em 2020 para R$ 108,5 milhões em maio de 2021, e também maior que os R$ 93,9 milhões recolhidos em 2019, ano não impactado pela pandemia. Os R$ 632,9 milhões recolhidos neste ano já correspondem a mais de 50% do total obtido em todo o ano de 2020, quando somou 1,18 bilhão. 

Em nota enviada pela delegada da 3ª DRR, Audrey Grubba, há a confirmação que entre as quatro maiores delegacias regionais do Paraná, o melhor desempenho foi o obtido na região dos Campos Gerais. “Na comparação entre as Delegacias que são responsáveis pelas maiores arrecadações do ICMS no Estado do Paraná, constata-se que a 1ªDRR (Curitiba) teve o pior desempenho nos cinco primeiros meses de 2021 em comparação a 2020), estando abaixo do desempenho apresentado pelo Estado do Paraná como um todo. Por outro lado, a 3ªDRR (Ponta Grossa) teve o melhor desempenho entre as 4 maiores delegacias regionais, apresentando um incremento de 37,41% no primeiro quadrimestre”.


Ponta Grossa concentra quase 70% de toda arrecadação regional

O resultado da arrecadação de Ponta Grossa segue a tendência regional. Somados os valores recolhidos nestes cinco primeiros meses de 2021, foram obtidos R$ 440,7 milhões em impostos, valor que é quase R$ 120 milhões superior aos R$ 321,7 milhões obtidos no mesmo período em 2020. Em percentual, a alta no período foi de 37%, de uma cidade que representa quase 70% de toda a arrecadação regional. Em maio deste ano, foram arrecadados R$ 67,63 milhões, 27% a mais que os R$ 52,9 milhões de 2020. A delegacia atribui o desempenho ao forte crescimento econômico. “Aponta tanto para uma tendência de recuperação da atividade econômica da região quanto para a consistência no desempenho positivo, inclusive no período pré-pandemia; e fruto do trabalho sério e técnico realizado pela administração tributária da 3ª DRR”, informa a nota.

Últimas Notícias
Cotidiano 10/06/2021 ás 21:30h
Ponta Grossa 10/06/2021 ás 20:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/380000/capa_00381363_0_202106102059.jpg?xid=1092351
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades