menu

Combustíveis têm alta de 56% em PG em um ano

Preço da gasolina teve alta de R$ 1,75, ao passar de R$ 3,56, o litro, em junho de 2020, para  R$ 5,31 neste ano


O preço médio dos combustíveis caiu nos últimos dias de junho em Ponta Grossa. Porém, ainda assim, estão custando, em média, 50% mais caros do que eram cobrados no mês de junho de 2020. As informações constam no site da Agência Nacional do Petróleo, a ANP. Para comprar um litro de cada combustível, gasolina, etanol e diesel, em junho de 2020, os ponta-grossenses pagavam R$ 8,86, ao passo que ao final desse mês de junho, passaram a pagar R$ 13,83, o que significa um aumento médio de 56,09%. Neste período de um ano, o preço médio que mais cresceu foi o do etanol, com um aumento total de 67%.

No caso do etanol, o preço cobrado pelo litro nos postos de Ponta Grossa era R$ 2,56 em junho de 2020. Porém os valores foram subindo até atingir o máximo de R$ 4,36, em média, na segunda semana de junho, o que significou uma alta de R$ 1,80. Porém, os valores tiveram uma leve retraída na terceira semana de junho, voltando ao patamar de R$ 4,28, valor R$ 0,01 inferior aos R$ 4,29 praticados, em média, em maio. Entre os 20 maiores municípios do Paraná, é o sexto menor valor médio – o litro varia no estado entre R$ 4,20 (Campo Mourão) e R$ 4,70 (Arapongas).

Já a gasolina teve a maior alta em valores nominais, de R$ 1,75 por litro. Em junho de 2020, o valor pago pelos motoristas era R$ 3,56, e chegou ao pico de R$ 5,40, na segunda semana de junho de 2021. Se esse valor fora comparado com os preços praticados em maio de 2021 (R$ 3,33), a variação em 12 meses foi superior a R$ 2 por litro. Agora, na terceira semana de junho, o valor pago pelo litro passou a ser de R$ 5,31, o que significa uma alta de 49,1% nesta comparação anual. Esse preço é o segundo menor entre as 20 maiores cidades do Estado do Paraná, atrás apenas do preço cobrado na capital, a R$ 5,27 o litro. O valor médio mais alto é praticado em Arapongas: R$ 5,90 o litro.

O diesel, utilizado especialmente para o transporte e veículos comerciais leves (caminhões, ônibus, picapes e utilitários), teve um aumento de preço de 54% em um ano, com uma alta de R$ 1,50 no preço do litro. O valor médio cobrado agora, em junho, era de R$ 4,24, enquanto que em junho de 2020, era R$ 2,74. O preço de Ponta Grossa é o quinto menor entre as principais cidades – o menor preço está em Curitiba, a R$ 4,14 o litro.


Abastecer com gasolina está mais vantajoso

Para quem tem carro bicombustível, o momento é muito mais propício para utilizar a gasolina. Com a diferença de preço, só seria mais vantajoso abastecer com etanol se ele custasse, em média, R$ 3,70. Isso ocorre porque os motores, quando com etanol, tem um rendimento menor, o equivalente a 70% em relação ao abastecido com gasolina. Na prática, isso significa que se abastecer 10 litros em um carro que tem o consumo de 10km/l na cidade com gasolina, ele percorrerá 100 quilômetros com esse combustível, ao passo que com etanol, percorrerá apenas 70 – precisando, portanto, pouco mais de 14 litros de etanol para fazer o mesmo trajeto.

Últimas Notícias
Campos Gerais 02/07/2021 ás 22:15h
Esporte 02/07/2021 ás 20:51h
Ponta Grossa 02/07/2021 ás 19:30h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/380000/capa_00384066_0_202107012100.jpg?xid=1101735
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades