menu

RodoNorte realiza aportes constantes entre PG e Curitiba

Trecho rodoviário mais importante entre o interior e a capital/litoral recebe obras e requer constante manutenção 


A CCR RodoNorte é responsável, há 23 anos, pela concessão de um dos trechos rodoviários mais movimentados do Estado do Paraná: a BR-376 entre Ponta Grossa e São Luiz do Purunã, e a sequência do trecho até Curitiba, pela BR-277. Esse trajeto, 100% duplicado, que passa pelas cidades de Palmeira, Balsa Nova e Campo Largo, concentra o trânsito médio de 50 mil veículos por dia, quantia que pode variar e atingir picos com mais de 55 mil. Tendo em vista sua grande relevância para a economia do Estado, o trecho é um dos que mais receberam investimentos no decorrer da concessão, com a realização, por exemplo, do contorno de Campo Largo, e mais recentemente, a construção de duas interseções em desnível nesta cidade, sendo uma já entregue (Cercadinho, km 109) e outra inaugurada na manhã desta sexta-feira (2), no Jardim Guarany, (km 104).

“Esse segmento de Ponta Grossa a Curitiba é a ligação principal do corredor do Norte do Estado até a capital, bem como dos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e até Goiás, que usam esse corredor até os portos. E especialmente a BR-277, que é a chegada da capital para o interior do Estado, além de ser ligação para o Mercosul. Então, com certeza, é a rodovia mais importante do Estado do Paraná”, resume Mauro Bertelli, gerente de atendimento da concessionária. Como o profissional explica, trata-se de um trânsito não apenas das riquezas do campo ou bens transformados pela indústria, mas também de pessoas. “Especialmente entre Campo Largo e Curitiba, a composição é muito parelha entre automóveis de passeio e comerciais pesados. O Paraná, como um grande produtor de grãos, há muitos veículos de carga de composição longa, caminhões pesados, então é importante ter um atendimento rápido e eficiente, para que quem trafega, faça isso com conforto e segurança”, alerta.

O trecho administrado compreendido entre Ponta Grossa e Curitiba tem 96 quilômetros, o que corresponde a cerca de 20% (um quinto) de toda a concessão atendida pela CCR RodoNorte no Estado (487 quilômetros). Contudo, a relevância desse trecho é destacada quando se observa que dos 27 mil atendimentos realizados nas estradas pela RodoNorte nos seis primeiros meses de 2021, cerca de metade deles, entre 45% e 50%, ocorreram justamente neste trecho inferior a 100 quilômetros. E sem falar que o alto fluxo demanda de um cuidado constante. “Nossas equipes específicas trabalham todos os dias do ano fazendo a manutenção do pavimento, e nesse trecho há uma rotina maior de conservação. Fazemos dois tipos de trabalho: o (1) preventivo, para evitar defeitos no pavimento, e as (2) correções programadas, que realizamos um serviço maior, agendadas somente para a noite ou fins de semana, para evitar o fechamento de pista neste segmento”, informa Bertelli.

As obras mencionadas no início do texto, contudo, não são as únicas realizadas. O gerente da concessionária lembra que todo o trecho foi refeito no decorrer da concessão – ou seja, não há um centímetro sequer do antigo asfalto que ligava as duas cidades. Além disso, foram construídas sete passarelas (duas em Curitiba e cinco em Campo Largo), seis novas pontes, o reforço e alargamento de 13 pontes, a construção de terceira faixa no trecho final da serra (sentido interior) em São Luiz do Purunã, e o novo acesso ao Contorno Leste de Ponta Grossa, no Distrito Industrial, que está 70% concluído – e ainda sem falar em incontáveis outras melhorias. Tudo isso em busca do maior objetivo: salvar vidas. “A segurança é o principal objetivo da concessão. Toda vez que fazermos um investimento, uma melhoria, uma ampliação, sinalização diferenciada, serviços de atendimento na rodovia, pesagem dos caminhões, é com o único objetivo de reduzir os acidentes, e com isso o número de vítimas e de mortes”, conclui.


Empresa movimenta a economia de São Luiz do Purunã

O trecho do encontro das rodovias BR-376 e BR-277 (Trevo Sprea) está encravado no Distrito de São Luiz do Purunã, pertencente ao município de Balsa Nova. Essa localidade é diretamente impactada pela concessão: a CCR RodoNorte é uma das que mais empresas que mais gera vagas de emprego a moradores do distrito. Há profissionais na praça de pedágio, entre as equipes de conservação, no Centro de Atendimento ao Cliente (CAC), na balança, além de outros moradores que trabalham nas terceirizadas que prestam serviço à concessionária. “A CCR RodoNorte é um dos principais empregadores do distrito. Primeiro porque consegue movimentar a economia local não só com salário, e também com benefícios, como vale-alimentação, gasto no comércio local, e plano de saúde, desonerando o serviço público”, explica Bertelli, que fala com propriedade sobre o assunto, por ser um morador do distrito.


Campo Largo colhe os frutos da concessão

Campo Largo, município vizinho de Curitiba, é um dos mais beneficiados pela concessão. Trata-se do município que recebeu uma das maiores obras realizadas pela concessionária nestes 23 anos: o Contorno de Campo Largo. Essa obra foi desenvolvida neste grande corredor do Estado para tirar o fluxo ‘pesado’, de caminhões e ônibus, da região central da cidade. “Essa importante obra traz segurança ao motorista na rodovia e às pessoas na cidade, porque tira o trânsito rodoviário do Centro e faz uma diferença enorme aos campo-larguenses. Caminhões de sete, de nove eixos, se encontravam com bicicletas, com pedestres, e separar isso era condição de segurança - tanto que esse trecho teve uma redução de mais de 80% no número de acidentes após sua conclusão”, informou Bertelli. Além disso, foram construídas cinco passarelas e mais duas interseções, que fazem o trânsito urbano cruzar a rodovia em desnível, zerando o risco de acidentes junto aos motoristas da cidade ao atravessar a BR-277 para ir de um bairro a outro. E sem falar que o município, desde 1998, recebeu mais de R$ 24 milhões em repasses de ISS


Concessão traz redução no custo operacional do transporte

As boas condições de estradas, duplicadas, contribuem para uma redução nos custos operacionais das empresas que trabalham com o transporte rodoviário, o que se traduz em menores custos às transportadoras - mesmo com o pagamento da tarifa do pedágio. Isso mostra a necessidade da concessão nesse trecho entre Ponta Grossa e Curitiba, um dos principais corredores de exportação do país. De acordo com Claudio Adamuccio, diretor administrativo da Transpanorama e diretor presidente da G10 Transportes, uma das maiores transportadoras do país, “estradas em boas condições ajudam a reduzir o custo entre 5% e 7% da operação”, diz.

O empresário destaca que esse trecho entre Ponta Grossa e Curitiba tem boa infraestrutura, com as vias duplicadas e bem sinalizadas, com pontos de parada. Esse é um dos trechos mais utilizados pela transportadora G10, que tem aproximadamente 600 colaboradores e atua no transporte de insumos agrícolas, grãos e líquidos. “O trecho é muito estratégico para o escoamento do que é transportado, porque é uma porta de acesso para um dos principais portos do Brasil, o Porto de Paranaguá. Calculamos que, em média, 40% dos nossos caminhões carregados no Paraná passem pelo trecho em determinado momento do ano”, informa Adamuccio.

De acordo com Adamuccio, há bons trechos administrados pelo Governo Federal, mas a realidade das estradas brasileiras é que a maior parte delas não tem pavimentação, o que afeta o transporte no que tange a fluidez do tráfego, manutenção do caminhão, pneu, consumo de diesel e bem-estar do motorista. Por isso, o empresário vê a concessão como um fato positivo. “O pedágio é benéfico quando o preço pode ser considerado equilibrado para todos, tanto para quem cobra, como para quem paga. As estradas pedagiadas têm uma melhor estrutura, com asfalto e sinalização bons, além de acostamento. Com vias melhores, o trabalho do motorista flui com a diminuição de intempéries, como um pneu rasgado por um buraco na via”, conclui.  

Últimas Notícias
Ponta Grossa 15/09/2021 ás 18:30h
Bom Dia Astral 15/09/2021 ás 18:00h
Ponta Grossa 15/09/2021 ás 18:00h
Ponta Grossa 15/09/2021 ás 17:29h
Ponta Grossa 15/09/2021 ás 17:00h
Ponta Grossa 15/09/2021 ás 16:46h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/390000/capa_00393458_0_202109142258.jpg?xid=1133705
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades