menu

Serviços, indústria e comércio lideram na geração de vagas

Somados, esses setores criaram quase 4,5 mil novas vagas de trabalho nos 10 meses deste ano em Ponta Grossa


Ponta Grossa acumula, em 2021, a criação de 2.722 vagas de emprego no mercado formal. Esse resultado, o 11º melhor do Paraná no ano, é resultado da criação de vagas de emprego em três setores, principalmente: Serviços, indústria e comércio. Dos cinco setores do mercado de trabalho, apenas a construção civil registra o fechamento de postos de trabalho – se excluir este setor, Ponta Grossa teria um saldo de 4.509 vagas formais criadas entre janeiro e outubro de 2021. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (30/11) pelo Ministério da Economia.

No acumulado do ano, nos dez meses fechados de 2021, Ponta Grossa registrou 41.357 admissões e 38.635 demissões no mercado de trabalho formal. A maior parte dessa movimentação ocorreu no setor de serviços, onde 16.293 pessoas foram admitidas e 14.503 foram demitidas, resultando em um saldo de 1.790 admissões no setor. Este é o segmento líder na geração de novas vagas de emprego na cidade, seguido pela indústria, que teve um saldo de 1.376 novas vagas criadas nestes 10 meses. Esse resultado foi fruto de 6.755 admissões contra 5.379 demissões. O comércio, por sua vez, criou 1.283 vagas, após registrar 10.882 admissões contra 9.599 demissões. No agronegócio, o saldo foi positivo em 60 vagas.

Se o setor da construção foi o grande responsável por impulsionar o mercado de trabalho de Ponta Grossa em 2020, a ponto de se tornar a cidade que mais criou vagas no Paraná, e figurar no top 10 da geração de emprego em âmbito nacional no acumulado de 12 meses, é este mesmo segmento que agora está ‘puxando para baixo’ o saldo do emprego da cidade em 2021. Desde o começo do ano, o saldo do setor está em -1.787, após 7.098 admissões e 8.885 demissões nos 10 meses. Isso ocorreu porque houveram muitas contratações de profissionais em 2020 para obras estruturantes, como a linha de transmissão Gralha Azul e as obras de infraestrutura da RodoNorte, obras que foram finalizadas neste segundo semestre, e agora as vagas estão sendo fechadas.

Especificamente no mês de outubro, Ponta Grossa teve um saldo de 247 vagas de trabalho criadas (14º melhor resultado do Paraná), com o comércio puxando as criações de vagas, com 164 novas oportunidades, seguido pela indústria, que gerou 126 novas vagas. O único setor a ter retração entre os cinco foi justamente a construção civil, com o encerramento de 203 postos.

 

Saldo acumulado em um ano é de 3,3 mil vagas 

Outubro foi o sexto mês seguido que Ponta Grossa acumula um saldo positivo na geração de emprego. O último mês com uma retração foi abril, quando 229 vagas foram perdidas. Nos 10 meses, apenas março e abril tiveram mais demissões do que admissões. Em um período mais longo, desde janeiro de 2020, foram apenas cinco meses com retrações. Nos últimos 12 meses, Ponta Grossa tem um saldo de 3.361 postos de trabalho criados, valor que é o 10º maior do Paraná e o 138º maior do Brasil. A líder nacional é São Paulo, onde 353,6 mil novas vagas foram criadas desde novembro de 2020, enquanto que a líder estadual é Curitiba, com 45,4 mil vagas novas abertas no período. 

Últimas Notícias
Ponta Grossa 21/01/2022 ás 13:11h
Cotidiano 21/01/2022 ás 11:33h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/400000/capa_00408815_0_202201202117.jpg?xid=1185922
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades