menu

“BBB” está mudando o calendário da televisão brasileira

A afirmação que o ano só começa depois do Carnaval, durante muito tempo também valeu para a televisão, porque as emissoras, em sua maioria, não realizavam investimentos na programação em janeiro e fevereiro.

Tinha-se como verdade, ou tentava-se passar como tal, que este era um período em que as agências de propaganda e os principais clientes usavam apenas para planificar as suas mídias. E que dinheiro novo nenhum era colocado no mercado nesses dois primeiros meses.

Uma lenda que só o entretenimento seguia ou usava para fundamentar a sua paralisação, porque o jornalismo, nem poderia ser diferente, e a dramaturgia sempre continuavam com suas vidinhas normais.

E assim foi até que o “Big Brother”, além de anular essa justificativa, aos poucos começou a apresentar, inclusive para a própria Globo, as vantagens de se fazer televisão o ano inteiro. E um exemplo que, também lentamente, começa a servir para outras TVs, como Record e Band, por exemplo.

Das maiores, se verifica, só o SBT ainda continua parado no tempo e na história.

E, por certo, perdendo muito com isso.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 23/02/2020 ás 19:05h
Campos Gerais 23/02/2020 ás 18:04h
Cotidiano 23/02/2020 ás 16:02h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00314713_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades