menu

JM, aRede e Museu Campos Gerais retomam Cinearte

Iniciativa fomenta o cinema brasileiro e promove debates socioculturais. Sessões acontecem no auditório Brasil Pinheiro Machado

O Jornal da Manhã, portal aRede e o Museu Campos Gerais retomam o  projeto Cinearte. A iniciativa vigorou na cidade entre os anos de 2008 e 2011 e promoveu a exibição de filmes nacionais seguidos de debates. A nova edição do Cinearte já tem data e local definidos para acontecer. A primeira sessão acontece na sexta-feira (13) no auditório Brasil Pinheiro Machado, no Museu Campos Gerais.

Para o retorno em 2020, a organização do cineclube já elaborou a mostra especial José Mojica Marins (Zé do Caixão) e programa a exibição da trilogia do personagem brasileiro. A data da reestreia (13 de março) foi pensada para homenagear o cineasta brasileiro. O dia marca o nascimento de Mojica. 

Em entrevista ao portal aRede, o coordenador do Museu Campos Gerais e do Cinearte, Niltonci Chaves, ressaltou o objetivo do projeto desde a criação. “A ideia sempre foi apresentar cinema brasileiro, de graça, com a possibilidade de discutir com pessoas que sempre se relacionavam de alguma maneira com o filme que estávamos passando”, disse.

Ao longo dos quatro anos do projeto foram mais de 60 sessões que apresentavam, além dos filmes, apresentações e debates. Entre as participações ilustres no projeto estão o grupo Viola Quebrada, o Maestro Waltel Branco, a banda Mandau, e o no encerramento do ano de 2010 o próprio José Mojica Marins  se vestiu de Zé do Caixão e participou da última sessão do ano no Cine-Teatro Ópera, e levou mais de 600 pessoas para o auditório principal. “Criamos um público que acompanhou o projeto e agora com muita satisfação a gente volta agora na parceria com o Museu Campos Gerais”, comenta Niltonci.

Na primeira mostra especial que apresenta a trilogia do Zé do Caixão o debate será com o professor do Departamento de História da UEPG, Erivan Karvat, que estuda a obra do cineasta brasileiro. A coordenação do Cinearte é de responsabilidade dos professores Niltonci Chaves e Rafael Schoenherr.

O projeto é aberto ao público, mas com capacidade de 60 pessoas por sessão. Não é necessário retirar ingressos e a capacidade do auditório será preenchida de acordo com a ordem de chegada dos espectadores.

Documentários do MIS compõem a programação

Para o retorno das atividades do Cinearte, a coordenação do Museu Campos Gerais (MCG) conseguiu a exibição de documentários vindos do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR). As produções compõem uma mostra nacional entre todos os MIS do país. A exibição acontece durante uma semana em julho. A nova coordenação do MCG busca dar característica de inserção ao cenário cultural da cidade através de atividades realizadas. “É um compromisso nosso de fazer com que o Museu se torne uma  voz ativa no cenário cultural ponta-grossense”, diz Niltonci Chaves.

Últimas Notícias
Campos Gerais 04/03/2020 ás 22:00h
Ponta Grossa 04/03/2020 ás 21:53h
Ponta Grossa 04/03/2020 ás 21:45h
Campos Gerais 04/03/2020 ás 21:30h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00315604_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades