menu

Imagem de Sant’Ana restaurada será entregue nesta sexta

Missa acontece às 18h com transmissão pelo Facebook e Youtube

Depois de quase seis meses fora da nave lateral da catedral para restauro, a imagem de Senhora Sant’Ana está pronta! Nesta sexta-feira (26), na missa das 18 horas – transmitida pelo Facebook e YouTube - acontecerá a bênção e reintrodução da imagem. A santa padroeira da paróquia e de Ponta Grossa recebeu limpeza, passou por descupinização e reparo de rachaduras e trincas, além de retoques na pintura, envernização e aplicação de folhas de ouro. Todo o processo de restauro faz parte do Projeto Catedral 200 anos, que serão comemorados em 2023.

A imagem de Sant’Ana veio de Portugal e data do século XIX. Ela foi encomendada por Dom Pedro I, após a criação da paróquia, em 15 de setembro de 1823. Segundo o pároco, padre Antônio Ivan de Campos, há um bom tempo a imagem precisava de um trabalho de dedetização por estar bem comprometida devido aos cupins. “Já havia sido feita uma primeira dedetização, mas não rendeu, porque (a ação dos) cupins estava bem aprofundada na imagem e, agora, partir de fevereiro, foi deixada no subsolo, devidamente plastificada e com produtos químicos fortes. Logo depois, colocada no lugar a ela reservado, protegida por tapumes, para o trabalho de restauro”, explica o padre, citando que houve o preenchimento de buracos que existiam, principalmente, no vestuário. “Eram verdadeiras crateras. Só sobrou uma casca”.

A peça recebeu a chamada ‘descupinização bioleader’. Foi realizada a limpeza geral da imagem, utilizando aspirador de pó. Após a limpeza, houve o preparo para o expurgo, aplicação de produto para o controle de cupins, utilizando técnicas de injetamento e aplicações externas. “Para o processo de expurgo foi montada uma estrutura em volta da imagem, para aplicação da fosfina. Depois de feita a aplicação, a imagem foi inspecionada e novamente aspirada para que fossem retirados todos os resíduos do cupim. As aplicações foram sendo feitas a cada 15 dias até abril. Depois de todos os procedimentos, foi constatado que não havia mais presença de cupim na imagem”, detalhou o responsável pela Pastoral da Comunicação da Paróquia Sant’Ana, Bruno Mansani.

Em seguida, iniciou-se o reparo de rachaduras, trincas e quebras da imagem, com massa feita em madeira. A imagem recebeu também retoques na pintura, foi envernizada e ganhou aplicação de folhas de ouro. Foi feito um novo pedestal, em ferro. O restauro ficou por conta da artista plástica Cristina Sá. Os procedimentos foram custeados com recursos da paróquia e oriundos de doações. O trabalho foi acompanhado pelos integrantes da Pastoral do Patrimônio Cultural e durou aproximadamente seis meses.

Padre Ivan lembra que, desde outubro, em preparação à Festa de Sant’Ana (26 de julho), vem acontecendo a Missa da Vovó, todo o dia 26, às 18 horas. “Este mês, vamos mostrar a imagem, fazer uma bênção especial e, ao mesmo tempo, lançaremos a festa, porque não vamos deixar de celebrar a nossa padroeira e a padroeira da cidade. Será uma festa em moldes diferentes, segundo todas as exigências”, ressalta. A celebração desta sexta-feira (26), será transmitida ao vivo pelas redes sociais da paróquia. “Estamos em uma semana crucial dentro dos cuidados com a pandemia. Voltar às celebrações restritas é um gesto de bom senso. Até que tenhamos menor acentuação nos casos, que as pessoas se resguardem. É chato fechar novamente, mas é prudente”, avalia o pároco.

 Informações AssCom Diocese

Últimas Notícias
Ponta Grossa 28/06/2020 ás 17:52h
Campos Gerais 28/06/2020 ás 15:58h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/320000/cover_00328560_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades