menu

Governador libera construção de 872 casas em 15 municípios

Investimentos de quase R$ 70 mi são do Tesouro Estadual e de financiamentos do FGTS e do Banco Interamericano

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quinta-feira (14) contratos para a construção de 872 novas moradias populares em 15 municípios paranaenses. Os projetos foram desenvolvidos em diferentes programas coordenados pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) em parceria com as prefeituras e receberão investimentos de R$ 68,8 milhões.

As iniciativas vão beneficiar famílias de Bituruna, Cambará, Cantagalo, Fernandes Pinheiro, Foz do Iguaçu, Jaguariaíva, Jandaia do Sul, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Novo Itacolomi, Piraquara, Rebouças, Sengés, Teixeira Soares e Wenceslau Braz. As obras serão iniciadas ao longo das próximas semanas e devem ser entregues entre o fim deste ano e o começo de 2020.

O governador destacou que esse primeiro lote de liberações contempla famílias vulneráveis, pessoas muito humildes e a população idosa. “Temos as famílias que não vão pagar nada. Já as pessoas que têm mais condições vão financiar os imóveis num preço bem acessível junto à Caixa Econômica e o Governo do Estado. E a terceira linha é para atender os idosos, que muitas vezes moram sozinhos, não têm mais família, ou pagam aluguéis caros”, explicou.

Segundo o presidente da Cohapar, Jorge Lange, a preocupação do Governo é atender todas as faixas. “Estamos assinando os contratos, algumas ordens de serviço. Demos o primeiro passo de uma jornada longa em que pretendemos reduzir o deficit habitacional com responsabilidade e parceria com os prefeitos”, destacou.

As 872 casas populares foram divididas em três programas: Família Paranaense, da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, financiamentos federais e estaduais e condomínios para terceira idade.

Pelo Família Paranaense, pessoas já cadastradas no programa que vivem em áreas impróprias ou pagam aluguel receberão as chaves da casa própria de forma gratuita. Os recursos atingem R$ 31,3 milhões para a construção e reforma de 462 residências. As casas serão construídas em Bituruna, Cantagalo, Fernandes Pinheiro, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Nova Itacolomi, Rebouças, Sengés, Teixeira Soares e Wenceslau Braz.


Proposta inclui casa para a terceira idade em Jaguariaíva 

 Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais, e Foz do Iguaçu receberão condomínios voltados para o atendimento de idosos, com 40 unidades habitacionais cada. Os imóveis são projetados para solteiros ou casados e contarão no entorno com infraestrutura completa de saúde, assistência social e lazer. Os projetos fazem parte do programa Morar Bem Paraná Terceira Idade, no qual a Cohapar licita construtoras para a execução das obras e a manutenção dos espaços e atendimento aos moradores cabe às administrações municipais.

Últimas Notícias
Cotidiano 25/05/2019 ás 18:23h
Ponta Grossa 25/05/2019 ás 17:58h
Ponta Grossa 25/05/2019 ás 17:20h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00261074_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades