menu

Samu Regional prepara licitação para operações

Parte dos municípios já recebeu ambulâncias do serviço, mas precisam de equipes capacitadas para iniciar operações

O Consórcio Intermunicipal Samu Campos Gerais (CimSamu) está preparando processo licitatório para o início das operações do Samu Regional. “Alguns municípios da região receberam ambulâncias do Governo Federal, equipadas para o atendimento do Serviço Móvel de Urgência, mas elas só podem ser operacionalizadas por equipes capacitadas”, explica o diretor geral do CimSamu, Jaime Menegoto Nogueira.

As equipes capacitadas devem ser contratadas para operacionalizar as ambulâncias recebidas após o processo licitatório do Consórcio, que deve ter seu edital publicado em breve para chamar as empresas interessadas em participar. Já receberam as ambulâncias os municípios de Ivaí, Jaguariaíva, São João do Triunfo, Arapoti, Curiúva, Imbaú e Ponta Grossa. “Estes estão em situação regular com o Consórcio”, conta Nogueira, destacando que para a operacionalização estão sendo feitos novos contratos. “Primeiro eles aderiram ao Consórcio, agora estamos no processo de Contrato para o Programa do SAMU”, explica, citando que Arapoti e São João do Triunfo já enviaram estes novos contratos.

Além das equipes para a operacionalização, os municípios que receberam as ambulâncias do Ministério da Saúde devem ainda contar com bases – básicas ou avançadas - do Samu Regional. “Alguns municípios estão construindo suas bases, e outros adequando locais para que possam receber, além da ambulância, as equipes para o Serviço”, antecipa o diretor do CimSamu, lembrando que a operação é de 24 horas ininterruptas, sete dias por semana.

Além dos municípios que receberam as ambulâncias, da região dos Campos Gerais Ortigueira e Telêmaco Borba contam com contrato de adesão com o CimSamu. “Estes ainda não receberam as ambulâncias do Governo Federal”, conta Nogueira, lembrando que não há previsão para o recebimento, pois se trata de processo interno do Ministério. Para iniciar a operação do Samu Regional, estes dois municípios devem ceder ambulâncias próprias até que cheguem as provenientes do Ministério da Saúde. Outros municípios como Ipiranga, Palmeira e Carambeí estão adequando suas propostas junto ao Ministério da Saúde para o recebimento das ambulâncias.

Conforme o diretor geral do Consórcio, os municípios de Castro, Irati e Tibagi também já foram contemplados com ambulâncias do Samu. “Castro e Irati devem ter a operacionalização efetivada até o final do ano, pois estão em tratativas com o Consórcio. A Câmara Municipal de Tibagi ainda não aprovou a lei para fazer parte do Consórcio”, destaca, ressaltando que o Serviço de Urgência é um programa do Ministério da Saúde para a cobertura do atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência. Piraí do Sul deve receber a sua ambulância do Governo Federal neste segundo semestre, mas assim como Tibagi não aprovou lei na Câmara. “Os municípios devem aprovar no Legislativo a lei de adesão ao Consórcio para compor o Samu Regional”, finaliza.

Os municípios da região de Irati, 4ª Regional de Saúde, que também devem fazer parte do Samu Regional, estão adequando suas propostas junto ao Ministério da Saúde. Estes também devem regularizar situação junto ao Consórcio.

Informações da Assessoria de Imprensa.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 10:45h
ao vivo 31/07/2019 ás 10:35h
Esporte 31/07/2019 ás 09:45h
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 09:44h
Ponta Grossa 31/07/2019 ás 09:21h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00269226_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades