menu

Plano Diretor aguarda análise de Rangel para seguir à Câmara

Consultoria encerrou atividades de elaboração da proposta no dia 2 de setembro. Iplan deve encaminhar documentos para o prefeito nos próximos dias.

A revisão do Plano Diretor e do Plano de Mobilidade Urbana de Ponta Grossa tiveram mais um avanço no mês de setembro. A Urbtec, empresa responsável pela elaboração de uma nova proposta para ordenar o crescimento urbano, concluiu as atividades dentro do prazo previsto em contrato. O documento final foi repassado ao Instituto de Planejamento de Ponta Grossa (Iplan) no início de setembro.

Agora a pasta ligada à secretaria de Planejamento organiza os conteúdos para encaminhá-los à análise do prefeito Marcelo Rangel (PSDB) antes de repassar os dados para a Câmara. Os novos planos devem ser encaminhados ao gabinete do líder do Executivo Municipal nos próximos dias – ainda sem data específica. Também não há previsão para que o documento seja redirecionado ao Legislativo, de acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura – a expectativa é que aconteça ainda em 2019.

O crescimento desordenado de Ponta Grossa e o aumento significativo do número de veículos – que passou de 130 mil em janeiro de 2010 para 207 mil em maio de 2019, segundo o Departamento Nacional de Trânsito – foram motivos que levaram a Prefeitura a repensar o Plano Diretor e o Plano de Mobilidade Urbana. Em 2016, a empresa Urbtec, de Curitiba, foi contratada para realizar a revisão do documento original, em defasagem desde 2006.

Ao todo, são 11 volumes disponibilizados pela empresa à Prefeitura, após quase três coletando informações técnicas sobre o desenvolvimento sustentável, mobilidade urbana e ampliação do número de bairros em Ponta Grossa – o último volume, de acordo com a Prefeitura, é um resumo dos outros 10. O material está disponível para análise do site do Iplan. Ao longo do período de elaboração, audiências públicas e oficinas técnicas foram realizadas para que a comunidade e também entidades sociais participassem do processo de construção dos planos.

“Foco é mobilidade”, afirma Rangel

Em entrevista recente para a revista ‘PG Competitiva’, publicada pelo Jornal da Manhã no aniversário da cidade, o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) afirmou que uma das três prioridades da atual gestão durante o final do mandato – que encerra em dezembro de 2020 – é a mobilidade urbana (as outras duas são pavimentação e inovação). Rangel acredita que é possível fazer de Ponta Grossa uma ‘cidade inteligente’ com avanços tecnológicos que reflitam na mobilidade. “Na inovação são aplicativos, novos dispositivos, sinaleiros inteligentes, instrumentos que hoje estão sendo testados mundo afora e que hoje estamos trazendo por meio do programa Cidades Experimentais. Ponta Grossa será a primeira a testar todo tipo de inovação com relação à mobilidade urbana no Paraná”, afirmou.

Últimas Notícias
Campos Gerais 19/09/2019 ás 09:45h
Ponta Grossa 19/09/2019 ás 09:35h
Ponta Grossa 19/09/2019 ás 08:44h
Ponta Grossa 19/09/2019 ás 08:04h
Ponta Grossa 19/09/2019 ás 07:47h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/280000/cover_00285889_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades