menu

Vereadores participam da 1ª sessão com votação eletrônica

Com a presença de 21 vereadores, sessão desta quarta teve sete projetos de lei discutidos e cinco deles foram aprovados já por esse sistema

Vinte e um vereadores participaram nesta quarta-feira (6) da primeira sessão da Câmara de Ponta Grossa com votação eletrônica. Dos sete projetos de lei que estavam na ordem do dia, cinco foram aprovados e dois foram retirados para vistas, sempre utilizando o sistema Legislador para fazer a votação. Não houve qualquer situação de mau funcionamento dos computadores e a sessão correu tranquilamente.

Para o presidente da Câmara, Daniel Milla (PV), a informatização da Casa de Leis era uma das prioridades de sua gestão no cargo e correu “dentro da normalidade”. Como o sistema é disponibilizado para várias Câmaras por todo o país, há necessidade de algumas alterações. “Não teve nenhuma falha no sistema e agora vamos aperfeiçoando de acordo com o regimento interno para melhorar ainda mais o sistema de informatização e de votação eletrônica”, avalia Milla.

Apesar do treinamento oferecido a todos os vereadores na terça-feira (5), ainda houve confusão nesse primeiro dia de utilização do sistema – o que deve deixar de acontecer conforme os ocupantes das cadeiras se acostumem com o novo procedimento. O vereador George Luiz de Oliveira (PMN) chegou a dizer durante a sessão que seu sistema tinha travado, mas Milla garante que foi apenas um mal-entendido. “Toda vez que faz a votação, projeto sai automaticamente do visor do parlamentar e ele não precisa ficar procurando os novos, aparece automaticamente na tela dele o projeto que está em discussão e ele se confundiu com isso, mas tudo foi esclarecido na hora”, completa o vereador.

Para o presidente da Câmara, além da celeridade nos processos, a informatização da Câmara também vai gerar economia e mais transparência. “Por mês, são feitas mais de 30 mil fotocópias na Câmara, então calcule quanto vamos economizar só de implantarmos esse sistema”, avalia o vereador. Como o painel eletrônico ainda não está em operação, por conta da licitação deserta para os equipamentos de transmissão, por enquanto, a projeção é feita um monitor de televisão em frente à Mesa Diretiva.

Aplicativo trará mais transparência, diz Milla

O presidente da Câmara revelou também que a ideia é disponibilizar aos ponta-grossenses um aplicativo para que todas as informações das sessões e projetos de lei estejam disponíveis aos cidadãos de maneira fácil e acessível. “Quando todo o processo estiver concluído, partiremos para a próxima etapa, que é o aplicativo”, explica. No app, os eleitores terão condições de entender melhor todo o processo de votação de um projeto de lei, poderão acessar os pareceres das comissões, descobrir quem votou favorável ou contrário a cada PL e quais foram as emendas propostas. “Transparência é uma questão que todo mundo deseja, que as votações sejam mais transparentes e abertas e que a população entenda de uma maneira melhor os processos”, avalia o presidente.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 06/11/2019 ás 20:52h
Ponta Grossa 06/11/2019 ás 19:54h
Ponta Grossa 06/11/2019 ás 19:38h
Ponta Grossa 06/11/2019 ás 19:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00302240_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades