menu

Com decisão de Bolsonaro, Ricardo Zampieri deve deixar o PSL

Responsável por trazer Bolsonaro em março de 2018, o Vereador afirmou que pretende seguir destino partidário do presidente

Com a decisão do presidente Jair Messias Bolsonaro de deixar o Partido Social Liberal (PSL), o vereador Ricardo Zampieri também anunciou que deve deixar o partido. Único político com mandato eletivo no PSL em Ponta Grossa, Ricardo foi responsável por trazer Bolsonaro em março de 2018 à cidade. “Continuo apoiando o nosso presidente, inclusive a sua decisão partidária”, contou.

Ricardo lembrou que o PSL demonstrou problemas partidários tanto em nível municipal, como em níveis estaduais. “Eu entrei no partido convicto de fazer uma nova política e sempre disse que meu partido é o Brasil. Muitos dentro do PSL escolheram outros caminhos, caminhos que não me agradam, por isso devo deixar o partido em breve”, contou o vereador que cumpre o primeiro mandato no Legislativo.

Zampieri destacou ainda que, independentemente do partido, quer representar o campo da direita na disputa eleitoral em Ponta Grossa no próximo ano. “Quero seguir representando a família e o campo conservador nas discussões políticas. E decido acompanhar o presidente na decisão tomada por ele”, disse Ricardo.

O vereador deverá apoiar Bolsonaro na criação do partido Aliança Pelo Brasil - ao menos 30 deputados federais do PSL e de outras legendas deverão acompanhar Bolsonaro. A expectativa é que assinaturas sejam colhidas de forma eletrônica para a criação da nova legenda. “Vou me empenhar em ajudar o presidente na em arrecadar assinaturas em Ponta Grossa e nos Campos Gerais”, contou Ricardo.

As informações são da assessoria. 

Últimas Notícias
ao vivo 13/11/2019 ás 10:35h
Cotidiano 13/11/2019 ás 10:33h
ao vivo 13/11/2019 ás 10:03h
Campos Gerais 13/11/2019 ás 10:00h
Romulo Cury 13/11/2019 ás 10:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00302958_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades