menu

Bom Jesus e Santa Casa terão R$ 3,3 milhões em repasses

Governador autoriza liberação de recursos para hospitais filantrópicos. Em todo o Estado foram R$ 78 milhões em repasse para unidades que atendem 50% dos pacientes do SUS.

O Hospital Bom Jesus e a Santa Casa de Misericórdia, unidades filantrópicas de Ponta Grossa receberão, somados, R$ 3,3 milhões em recursos públicos para a aquisição de equipamentos. Parte do valor – cerca de R$ 1,1 milhão, destinado ao Bom Jesus – foi liberado nesta terça-feira (3) pelo governador Ratinho Junior (PSD), em evento liderado pelo secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O apoio aos dois hospitais é proveniente de trabalhos do, agora, secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex de Oliveira, na época em que ainda atuava como deputado federal. Os recursos foram conquistados através de emendas. A primeira delas, referente ao Bom Jesus, foi entregue já no evento da terça-feira (3). Já o restante do valor, R$ 2,3 milhões para a Santa Casa, será liberado em um novo cerimonial no dia 17 de dezembro – o valor foi adquirido junto ao governo federal e repassado ao Estado, o que fez com que a entrega ficasse para o próximo evento.

Em todo o Paraná foram R$ 78 milhões repassados para hospitais filantrópicos nesta terça. Os recursos são destinados a obras (R$ 44,5 milhões) e equipamentos (R$ 33,5 milhões). É o maior pacote financeiro unificado da história às instituições, que atendem mais de 50% dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) do Paraná. Os recursos contemplam 33 instituições e 41 convênios de 29 cidades. No Bom Jesus a verba será utilizada para a aquisição de um tomógrafo.

O governador Ratinho Junior (PSD) destacou que os investimentos planejados para a Saúde têm como meta a regionalização do atendimento. “O objetivo é diminuir as distâncias e acabar com os transportes longos de pacientes nas ambulâncias”, afirmou. “Atuamos para fortalecer regionalmente os hospitais do Paraná. O Estado tem um bom ecossistema hospitalar, mas ele precisa ser fortalecido”, disse. “O trabalho dos hospitais filantrópicos é de sacerdócio, cuidar das pessoas, além de ser invisível. Essa é a primeira etapa dos investimentos programados para os próximos anos”.

Paraná projeta investimentos de R$ 300 milhões

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acrescentou que até 2022 serão investidos cerca de R$ 300 milhões nos mais de 100 hospitais beneficentes do Paraná. “Vamos melhorar os que já estão funcionando, aqueles de porta aberta. Construir novos hospitais faz parte de um sonho, mas temos que cuidar daqueles que já trabalham em função dos pacientes do SUS”, afirmou. “Essas ações vão beneficiar o Estado por inteiro, esse é o nosso lema”.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 04/12/2019 ás 00:17h
Ponta Grossa 03/12/2019 ás 20:29h
Cotidiano 03/12/2019 ás 19:38h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00305510_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades