menu

PG poderá ter até 957 candidatos a vereador

Nova legislação prevê fim das coligações nas disputas por vagas na Câmara. Regra deve levar ao crescimento do número de candidatos(as)

A nova legislação eleitoral pode levar a um aumento expressivo no número candidatos(as) a vereador em Ponta Grossa neste ano. Com a minirreforma eleitoral aprovada em 2017, os partidos políticos não poderão mais fazer coligações (uniões) para disputar vagas nos Legislativos. Desta forma, caso os 33 partidos políticos reconhecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualmente lancem chapas completas na cidade, Ponta Grossa pode registrar um aumento de 83% no número de candidatos(as). 

Na prática, atualmente o TSE reconhece 33 partidos políticos aptos a participarem das eleições de 2020 - esse número ainda não leva em conta o Aliança Pelo Brasil, partido ainda em criação. No caso de Ponta Grossa, cada legenda poderá formar uma chapa com até 29 candidatos a vereadores - ao menos nove mulheres deverão integrar cada chapa, em respeito à Lei do Terço. 

Desta forma, em outubro o ponta-grossense poderá ter até 957 candidatos(as) a vereador(a) para 19 vagas na Câmara Municipal - o número representa um aumento de 83% quando comparado ao número de candidatos em 2016. No pleito passado, foram 521 candidatos para 23 vagas em jogo - o número já representava um avanço aquele registrado na eleição de 2012 quando houveram 427 candidatos(as). 

Caso todos os partidos registrados formem chapas completas e a estimativa se confirme, a disputa por uma vaga na Câmara chegará a níveis inéditos. Se em 2016 a concorrência era de 22 candidatos por cada vaga (na época haviam 23 cadeiras na Câmara), em 2020 poderemos ter um cenário em que para cada uma das 19 cadeiras disponíveis no Legislativo existam mais de 50 candidatos na disputa. 

A mudança na legislação contribui para uma tendência na eleição de vereadores na cidade nos últimos anos. Desde 2012, a busca por vagas no Legislativo tem crescido e se tornado mais acirrada. No pleito de oito anos atrás, por exemplo, foram 427 candidatos, em 2016 o número saltou para 521 e, em 2020, a quantidade de postulantes na disputa pode dar um salto de 124% quando comparada ao número de candidatos em 2008.

Concorrência por vagas segue crescendo

Já quando comparada historicamente, a concorrência por vagas demonstra um crescimento vertiginoso - o que também é fruto da mudança no número de cadeiras oferecidas no Legislativo e da ampliação da participação política. Em 2012 havia uma proporção de 18 candidatos para cada uma das 23 vagas em jogo; Quatro anos depois a concorrência subiu para 22 vereadores por vaga em 2016 e, caso a estimativa se confirme, pode saltar para 50 por vaga em outubro de 2020. 

‘Aliança’ pode aumentar estimativa

Caso o partido idealizado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro, o Aliança Pelo Brasil, seja viabilizado em tempo hábil para a eleição de 2020, o número de candidatos(as) a vereador(a) em Ponta Grossa pode saltar para 986. A legenda tem até o mês de abril para conquistar as assinaturas necessárias e viabilizar a criação do partido e, com esse intuito, eventos tem sido realizados em várias cidades brasileiras, inclusive em Ponta Grossa.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 22/02/2020 ás 11:00h
Cotidiano 22/02/2020 ás 10:30h
Ponta Grossa 22/02/2020 ás 09:01h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00314713_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades