menu

Covid-19 deve prejudicar alianças eleitorais em PG

Pandemia prejudica prazos e articulações para as alianças eleitorais de 2020

As alianças eleitorais de 2020 ganharam um novo ingrediente de turbulência: além da série de mudanças na legislação, agora a pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, coloca em segundo (ou até terceiro) plano a discussão eleitoral. Com o avanço dos problemas na saúde e no campo social, o debate sobre a eleição marcada para outubro ‘sumiu’ do radar da opinião pública e das próprias lideranças.

A reportagem do portal aRede e do Jornal da Manhã entrou em contato com vários líderes partidários que retrataram um cenário preocupante. Sem “clima” para discutir política, as lideranças buscam improvisar para compor chapas e se preparar para o pleito de outubro. Os partidos têm até o próximo dia 4 para filiar lideranças partidárias e conseguir viabilizar chapas com até 29 candidatos(as) para disputar vagas na Câmara, além da disputa pelo comando da Prefeitura de Ponta Grossa.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já anunciou que não pretende mudar o calendário e a disputa municipal de 2020 deve seguir as datas pré-estabelecidas. Liderança partidária muito conhecida em Ponta Grossa e nos Campos Gerais, Elizeu Chociai destacou que a falta de clima é um dos principais empecilhos para a mobilização partidária. “O Brasil não tem clima para pensar em política hoje”, disse. 

Elizeu garantiu que a situação reflete na organização partidária. “Todas as lideranças estão tendo que se reinventar para concluir as necessidades nos prazos. Não sabemos até quando tudo isso vai prosseguir e nem qual será o reflexo nas próprias eleições. Isso se complica ainda mais quando lembramos que o TSE decidiu por manter o calendário”, disse Chociai. 

Um dos métodos utilizados pelas lideranças está no uso da tecnologia para movimentar conversas e negociações. “Temos usado o celular, telefonemas e o próprio WhatsApp para conversar com os pré-candidatos, com quem tem mandato também”, disse. A proibição de aglomerações e reuniões com mais de 20 pessoas basicamente impossibilita encontros e reuniões partidárias presenciais. 

Políticos com mandato seguem ‘negociando’

Políticos com mandato que querem disputar as eleições em outubro, mas também querem mudar de partido, seguem negociando. Vereadores(as), prefeitos(as) e vice-prefeitas(as) têm até o próximo dia 4 de abril para divulgar qual será o destino partidário adotado. Neste caso, as negociações seguem remotamente a todo vapor - isso se intensifica ainda mais diante do fato de que em 2020 as coligações são proibidas na disputa por vagas nas Câmara Municipais. 

Últimas Notícias
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 16:05h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 15:37h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 15:18h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 15:12h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 13:23h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 12:20h
Ponta Grossa 21/03/2020 ás 11:45h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00317771_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades