menu

Prefeitura contratará estudo para definir novo transporte

Fundação será responsável por elaborar, tecnicamente, o novo serviço público da cidade de Ponta Grossa

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), por meio da ‘Comissão Especial de Estudos e Projetos de Transporte Coletivo’, contratará uma entidade para elaborar, tecnicamente, o novo modelo de transporte público coletivo da cidade – a atual concessão, de responsabilidade da Viação Campos Gerais (VCG), encerrará em 2023. As duas fundações cotadas são: Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe), ligada à Universidade de São Paulo (USP). Ainda não há a confirmação dos valores da contratação, mas tudo indica que nos próximos dias surjam novidades.

As informações são do presidente da ‘Comissão’, e procurador do Município, Márcio Henrique Martins Rezende. Na última quinta-feira (30), o ‘Grupo’ se reuniu com os vereadores de Ponta Grossa para apresentar um resumo do termo de referência que será utilizado para a contratação da fundação. Segundo ele, a entidade apoiará, tecnicamente, a elaboração do edital, acompanhamento da licitação e das audiências públicas, para a modelagem do novo serviço público da cidade ponta-grossense.

Ainda de acordo com Márcio, “não tem nada fechado”, porém o que já se tem certeza é que o transporte deverá ser “moderno, eficiente, sustentável e transparente”. Membros da ‘Comissão’ já visitaram as cidades de Cascavel (PR) e São José dos Campos (SP) com o objetivo de analisar os modelos lá utilizados. Além disso, eles já participaram de conversas com empresas, entidades e serviços que assessoram os transportes públicos de outras regiões.

Por fim, ele reforçou a necessidade do envolvimento da sociedade civil organizada para estruturar o novo serviço em Ponta Grossa. “Queremos a participação da comunidade em geral. A modelagem atual é fadada a falência. Tem que ser benefício ao usuário e não à concessionária”, finaliza Márcio em conversa com o Grupo aRede.

Greve no transporte

Na última quarta-feira (29), a VCG comunicou seus funcionários que poderá parcelar os salários de outubro, em decorrência da crise que a concessionária enfrenta por conta da pandemia da covid-19. Por conta disso, o Sintropas, sindicato que representa os trabalhadores, anunciou a possibilidade de uma nova paralisação no transporte de Ponta Grossa – em 2021, o serviço já ficou totalmente paralisado. A crise pode ser ainda maior, já que existe uma ‘CPI’, no Poder Legislativo, investigando as atividades do transporte – mais informações clique aqui.


Assuntos semelhantes:

Comissão e Câmara discutem novo transporte de PG.

Kuller é o novo integrante da 'CPI do Transporte' de PG.

PG pode anunciar nova tarifa do transporte nos próximos dias.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 03/10/2021 ás 18:34h
Bom Dia Astral 03/10/2021 ás 17:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/390000/capa_00395614_0_202110012117.jpg?xid=1141961
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades