menu

Câmara pede R$ 28 mi para obras e entidades

Emendas apresentadas pelos vereadores de Ponta Grossa ao Orçamento Geral de 2016 somam R$ 28 milhões e priorizam obras de infraestrutura e auxílio a entidades sociais

Os vereadores de Ponta Grossa incluíram 382 emendas ao Orçamento Geral da Prefeitura para o próximo ano. Ao todo, as indicações dos parlamentares buscam verbas de R$ 28,2 milhões para obras de infraestrutura e entidades assistenciais do município.

O montante assegurado pela Câmara Municipal na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2016 representa apenas 3,8% da receita líquida prevista pela Prefeitura, de R$ 720 milhões. Entretanto, não existem garantias de que os vereadores sejam atendidos e os recursos pagos pelo Governo Municipal, já que a fonte para custeio das emendas parlamentares terá somente R$ 3 milhões no ano que vem.

Até sexta-feira, último prazo para a apresentação de emendas à LOA 2016, 19 dos 23 vereadores apontaram destino para as receitas do governo. A maioria das indicações adicionam ao Orçamento Geral obras de pavimentação e infraestrutura nas bases eleitorais dos vereadores. O maior volume de emendas foi apresentado pelos vereadores Daniel Milla (PSDB), Rogério Mioduski (PPS) e Pietro Arnaud (Rede).

Milla garantiu R$ 7,6 milhões da receita de 2016 para obras no Núcleo Santa Paula e região. As emendas contemplam a construção de uma praça, pavimentação e ligação do Shangrilá ao Dom Bosco, ligação entre o bairro Contorno e a Colônia Dona Luiza, revitalização da Pista de Skate e construção do Terminal do Santa Paula, no valor de R$ 2 milhões, entre outras melhorias de infraestrutura.

Relator-geral do orçamento, o vereador Mioduski incluiu R$ 6,7 milhões em emendas, também com prioridade para a infraestrutura. Além de obras de pavimentação, o parlamentar indicou reformas em campos de futebol no Bairro Congonhas e Jardim Manacas. Já Pietro Arnaud direcionou parte dos R$ 4,5 milhões solicitados à construção de Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos residenciais do Programa Minha Casa, Minha Vida.

AGRICULTURA
Emendas coletivas beneficiam setor
Das 382 emendas ao Orçamento Geral do próximo ano, apenas três são assinadas por mais de um vereador. Elaboradas pelos vereadores Walter José de Souza (PROS), Rogério Mioduski (PPS) e Maurício Silva (PSB), as indicações beneficiam o setor agropecuário e o abastecimento. Os parlamentares solicitaram R$ 356 mil à Prefeitura para a construção de um novo matadouro municipal, R$ 145 mil para a aquisição de máquinas e equipamento à patrulha agrícola mecanizada e R$ 216 mil para a implantação de micro sistemas de abastecimento comunitário de água.

Emendas ao orçamento por vereador

Daniel Milla
(PSDB)
R$ 7,6 mi

Rogério Mioduski
(PPS)
R$ 6,7 mi

Pietro Arnaud
(Rede)
R$ 4,5 mi

Maurício Silva
(PSB)
R$ 1,6 mi

Pascoal Adura
(PMDB)
R$ 1,3 mi

Izaías Salustiano
(PSDC)
R$ 1,2 mi

Adélia de Souza
(PSD)
R$ 1,1 mi

Coletiva

R$ 717 mil

Márcio Schirlo
(PSB)
R$ 545 mil

Delmar Pimentel
(PP)
R$ 470 mil

Romualdo Camargo
(PSDC)
R$ 330 mil

Pastor Luiz Bertoldo
(PRB)
R$ 315 mil

Aguinel Batista
(Rede)
R$ 221 mil

Pastor Ezequiel Bueno
(PRB)
R$ 220 mil

Altair Nunes
(PTN)
R$ 208 mil

Walter de Souza
(PROS)
R$ 200 mil

Sebastião Mainardes
(DEM)
R$ 190 mil

Professor Careca
(SD)
R$ 140 mil

Nilson Ribeiro
(PT)
R$ 125 mil

Alysson Zampieri
(PPS)
R$ 100 mil

Total de R$ 28,2 milhões

Últimas Notícias
Romulo Cury 13/03/2021 ás 06:30h
Bom Dia Astral 13/03/2021 ás 06:00h
Campos Gerais 12/03/2021 ás 22:30h
Campos Gerais 12/03/2021 ás 22:00h
Cotidiano 12/03/2021 ás 21:51h
Ponta Grossa 12/03/2021 ás 19:44h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/370000/cover_00370337_00.jpg?xid=1055607
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades