menu

Prefeitura pede socorro à Câmara para pagar folha

Prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PPS) vai usar sobras orçamentárias da Câmara Municipal para conseguir pagar salários de servidores da Saúde neste mês

O prefeito de Ponta Grossa Marcelo Rangel (PPS) pediu socorro ao presidente da Câmara Municipal, vereador Sebastião Mainardes (DEM), para conseguir pagar os servidores da Secretaria Municipal de Saúde neste mês. Com o caixa da Prefeitura apertado, Rangel pretende utilizar sobras orçamentárias do Legislativo no pagamento da folha salarial de novembro.

O projeto de lei que autoriza a manobra foi despachado nesta segunda-feira às comissões da Câmara em regime de urgência. Para garantir os salários aos servidores, a solicitação deve ser aprovada em duas votações até o dia 30. Em solidariedade ao Governo Municipal, Mainardes abriu mão de R$ 2 milhões que estavam previstos no orçamento do Legislativo deste ano.

Os recursos são referentes ao projeto para a construção do anexo à Câmara de Ponta Grossa, discutido desde o início do ano pela Mesa Diretora. “Já devolvemos R$ 250 mil, que foi usado na compra de um veículo para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e agora estamos repassando uma dotação de R$ 1,9 milhão, que seria usado na construção do prédio (anexo)”, disse Mainardes.

O socorro financeiro da Câmara à Prefeitura gerou preocupação aos vereadores, durante a sessão de ontem. O vereador George Luiz de Oliveira (PMN) considerou a situação alarmante. “Nós já havíamos previsto que, realmente, as contas do município estão uma esculhambação e que, certamente, o Poder Executivo bateria às portas do Legislativo para haver esta antecipação do orçamento”, afirmou.

Embora tenha pedido urgência na aprovação do crédito de R$ 2 milhões, o governo garante ter condições para honrar a folha do funcionalismo. “A Secretaria Municipal de Gestão Financeira informa que a Prefeitura de Ponta Grossa possui, sim, recursos para pagar o salário de seus servidores dentro do prazo”, disse, via assessoria de imprensa. A Prefeitura assegurou, ainda, o pagamento do 13º salário no dia 30 de novembro.

AMPLIAÇÃO DA CÂMARA
Obras são adiadas para ano que vem
Com a transferência dos recursos de R$ 2 milhões para a Prefeitura, a Câmara de Ponta Grossa suspendeu o projeto para a construção de um anexo na sede do Legislativo. A ampliação do prédio tem sido reivindicada desde que houve o aumento no número de vereadores, de 2012 para 2013, e a atual Mesa Diretora da Câmara chegou a sinalizar o processo licitatório das obras neste ano. Embora o projeto tenha sido suspendido, o presidente da Câmara Sebastião Mainardes (DEM) disse que não desistiu das obras. “A dotação será incluída no orçamento da Câmara do próximo ano”, garantiu.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 30/05/2021 ás 15:48h
Ponta Grossa 30/05/2021 ás 15:25h
Campos Gerais 30/05/2021 ás 14:51h
Cotidiano 30/05/2021 ás 14:21h
Ponta Grossa 30/05/2021 ás 12:20h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/370000/capa_00379876_0_202105282149.jpg?xid=1086920
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades