menu

PG tenta implantar ensino integral nas escolas estaduais

Rangel sugeriu que modelo trabalhado de Ponta Grossa fosse implantado também em nível estadual, com a cidade servindo como 'piloto' para implantação nas escolas do Estado.

A Prefeitura de Ponta Grossa sugeriu ao governo do Estado que inicie um projeto para implantar o ensino integral nas escolas da rede estadual de ensino. O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) esteve, ao lado de uma comitiva local, durante os últimos dias com representantes do Estado, onde apresentou o modelo aplicado em Ponta Grossa. Rangel ainda solicitou que o município seja pioneiro na implantação, funcionando como ‘projeto piloto’ para o Estado.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o prefeito revelou que pediu ao líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri (PSD), que levasse a proposta até o secretário de Estado da Educação, Renato Feder.

“Sem dúvida nenhuma, o projeto de escola integral é a menina dos olhos do nosso governo. Queremos iniciar também o projeto em Ponta Grossa para o Estado. Temos três escolas aqui em Ponta Grossa [para implantar], escolas estaduais. Levei para o líder do governo para que a gente possa iniciar o projeto do Estado aqui por Ponta Grossa”, disse o prefeito.

Segundo Rangel, o município já tem definidas as escolas estaduais que serão sugeridas para que o governo inicie as atividades em período integral. Os nomes foram escolhidos com o apoio da secretaria municipal de Educação, mas não foram revelados por enquanto – a Prefeitura não deve repassar muitos detalhes da proposta, já que a iniciativa deve partir da esfera estadual.

A Educação Integral de Ponta Grossa é considerada pelo próprio prefeito a ‘menina dos olhos’ da atual administração. A cidade inicia o ano letivo de 2019 com 90,3% das escolas municipais ofertando o contra turno – 131 ofertas, mesmo que só em algumas turmas, de um total de 145 instituições. Na Educação Infantil, até 05 anos, 91% das crianças frequentam em período integral, chegando a um total de 9,7 mil alunos. Já no Ensino Fundamental, até 10 anos, são 66% dos estudantes, um total de 13,6 mil alunos.

Cidade tem 75% dos alunos com contra turno

Desde o início da administração de Marcelo Rangel, em 2013, o município conseguiu colocar 23,3 mil alunos na Educação Integral, de um total de 31 mil crianças matriculadas nas escolas municipais – o valor representa um percentual de 75% dos estudantes com atividades no contra turno. O objetivo de Rangel, até o final da administração, é fazer com que todas as escolas do município contem com os trabalhos em dois períodos.

Últimas Notícias
Bom Dia Astral 23/07/2019 ás 01:51h
RC Coluna 23/07/2019 ás 01:41h
Cotidiano 22/07/2019 ás 21:37h
Cotidiano 22/07/2019 ás 21:22h
Ponta Grossa 22/07/2019 ás 20:25h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00268273_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades