menu

Deral projeta safra recorde de soja nos Campos Gerais

Perspectiva é de que sejam colhidas 2,17 milhões de toneladas do grão em área plantada de 571 mil hectares nos Campos Gerais


Os Campos Gerais deverão colher uma quantidade recorde de soja nesta safra que está por iniciar. A primeira estimativa de safra, divulgada pelo núcleo regional Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária (SEAB), aponta que os produtores dos 19 municípios abrangidos pelo núcleo regional deverão ocupar 571,65 mil hectares com a soja. Embora seja um valor próximo ao ocupado na safra 2018/19 (570,1 mil) a produtividade estimada é de 3,8 mil, o que se confirmada, resultará em uma produção total de 2,17 milhões de toneladas. O valor é superior aos 2,13 milhões colhidos na safra 2017/2018, o recorde atual.

São vários os fatores que de deverão impulsionar esse valor do rendimento por hectare, informa Luiz Alberto Vantroba, economista do núcleo regional do Deral. “O plantio de soja nunca diminui. Esse valor engloba um conjunto de fatores, considerando o nível tecnológico avançado da região, as novas variedades das sementes, o manejo, afinal, somos o berço do plantio direto, e o clima”, relata. Ele recorda que é os 3,8 mil quilos por hectare é muito plausível de se obter, especialmente se pegar a média de produtividade de 2016/2017, quando atingiu 3.964 quilos por hectare. “Mas claro que isso é a média. Tem cooperativas e produtores que já partem de 4 mil quilos por hectare”, completa Vantroba. 

Quanto ao milho, houve uma pequena redução, de cerca de 2 mil hectares, para 67 mil hectares, em função do pequeno aumento na área da soja e também por uma pequena alta no feijão, de 31,2 mil para 32 mil hectares. Com a perspectiva de render 10 mil quilos por hectare, deverão ser colhidas 670 mil toneladas de milho, enquanto que do feijão espera-se 2,2 mil quilos por hectare, o que deverá render uma produção total de 70,4 mil toneladas. “O plantio já começou neste mês e vai se estender até outubro, mas os produtores estão esperando chuvas mais robustas”, completa Vantroba.


Governador destaca relevância do setor agropecuário no PR

O governador Ratinho Junior esteve presente na abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), nesta terça (27), em São Paulo. Ele destacou que o Governo do Paraná trabalha para que o Estado alcance um novo ciclo de industrialização, com foco na produção agrícola. Ele ressaltou que o Paraná tem 2,3% da área nacional plantada e nesse espaço produz cerca de 17% dos grãos do país, além de possuir a segunda maior bacia leiteira, liderar a produção de proteína animal (frango, suíno e bovino), os índices de exportação de frango e estar entre os maiores produtores de suínos do país.


Últimas Notícias
Bom Dia Astral 28/08/2019 ás 00:46h
Bom Dia Astral 28/08/2019 ás 00:02h
Agronegócio 27/08/2019 ás 20:30h
Vamos Ler 27/08/2019 ás 19:52h
Agronegócio 27/08/2019 ás 19:42h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/280000/cover_00282937_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades