menu

Safra de trigo será a maior dos últimos três anos

Com cerca de 98% do trigo colhido, perspectiva é de que produção total na região supere 400 mil toneladas


Produtores de trigo da região dos Campos Gerais estão prestes a concluir a colheita no campo. Até esta quarta-feira (13), a estimativa é de que entre 97% e 98% de todo o plantio foi todo colhido dos municípios, restando poucas áreas para a finalização, segundo estimativa do Núcleo Regional do Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SEAB). Pelo acompanhamento feito, os produtores estão contando com uma safra positiva, com a maior média de produtividade dos últimos três anos. Com isso, os produtores devem concluir a colheita neste ano com a maior produção desde 2016.

Os valores positivos estão sendo obtidos mesmo na menor área plantada dos últimos anos. Nesta safra de 2019, um total de 117,1 mil hectares foram ocupadas com o trigo no inverno. De acordo com Luiz Alberto Vantroba, economista do Deral em Ponta Grossa, a média de rendimento por hectare está na casa de 3,5 mil quilos. “Não temos os dados finais, mas o rendimento deve ficar perto do estimado pelo Deral, de 3,5 mil quilos. Teve produtor da Castro, Piraí, Ponta Grossa, que colheu 4 mil quilos”, informou. Em 2017 a média foi em 3,1 mil quilos e em 2018 foi de 3,2 mil quilos. 

Com o resultado previsto, Vantroba estima que colheita total de trigo se aproximará das 410 mil toneladas. Em 2018 foi de 382 mil e em 2017 foi de 392 mil. “Mesmo que o número feche abaixo, na casa de 3,3 mil quilos, por exemplo, vai dar acima de 2018”, completou. 

Em relação à qualidade dos grãos, o economista do Deral destacou que é ótima. “Esse foi o destaque da safra, a qualidade. A maioria, mais de 90% dos produtores, tiveram PH 78. Agora por último que choveu um pouco mais, mas como nem sempre chovia, não trouxe prejuízo para a cultura”, explicou Vantroba. Esse valor é importante na industrialização, pois pode ir para a panificação. O preço, explicou Vantroba, ficou estável em relação à passada, na média de R$ 46 a R$ 47 a saca.


Conab prevê novo recorde

A estimativa da safra 2019/2020 de grãos aponta para um novo recorde, com 246,4 milhões de toneladas, um aumento de 1,8% ou 4,3 milhões de toneladas em comparação à safra 2018/19. Os números são do 2º levantamento divulgado nesta quarta-feira (13) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A pesquisa de campo foi realizada no período de 28/10 a 1º/11, com mais de 900 informantes em todo o país. A intenção de plantio sinaliza uma variação positiva de 1,4% quando comparado à área da última safra, chegando a 64,1 milhões de hectares.

Últimas Notícias
Agronegócio 13/11/2019 ás 21:31h
Campos Gerais 13/11/2019 ás 20:33h
Ponta Grossa 13/11/2019 ás 18:18h
Ponta Grossa 13/11/2019 ás 18:05h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00303120_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades