menu

PG entristece com o fim do ‘Croquis Urbanos’

Desenhistas retrataram aproximadamente 140 imagens de Ponta Grossa, entre parques, igrejas, patrimônios históricos e culturais

Após quatro anos em Ponta Grossa, o ‘Croquis Urbanos’ encerra as suas atividades. O movimento era composto por aproximadamente 20 talentosos voluntários que gostavam de vivenciar a cidade expressando em traços e cores. Com mais de 138 registros, o foco dos desenhistas era retratar casas antigas de madeira no período colonial, arquiteturas da imigração, praças, patrimônios históricos culturais e igrejas, que olhavam a cidade atenciosos, curiosos nos detalhes, que antes passavam desapercebidos.

De acordo com a Lenita Stark, uma das desenhistas integrantes do movimento, o término das atividades se deu por compromissos pessoais que acabaram afetando diretamente os envolvidos. "Era uma atividade gratificante, um lazer que nos trouxe conhecimentos do nosso espaço e tempo, já que não havia necessidade de saber desenhar, ou conhecimento de técnicas de pinturas", conta. O registro era livre, cada um fazia seus traços de acordo com sua observação, esboços rápidos, técnicas dos croquis e aquarela para colorir.

Segundo Lenita, as chances de retornar neste ramo de atividade com o mesmo grupo são poucas, mas que há possibilidades de novos grupos com o mesmo objetivo, já que é um lazer que está crescendo cada vez mais nas cidades

Durante as atividades, os desenhos foram expostos em amostras, eventos da Fundação de Cultura, e no Cine Teatro Ópera.

 

O quê?

Para Lenita Stark, não há chances de retorno desse grupo. Todos tomaram rumos distintos. Mas, pode sim, surgir um grupo novo desse movimento. É uma atividade que está crescendo nas comunidades do mundo inteiro. Há grupos com grandes números de participantes, jovens, crianças, adultos, terceira idade. A maioria são arquitetos, engenheiros, estudantes, e pessoas que gostam de fazer novos amigos, natureza, e desenhar in loco. 

 

Ações artísticas são definidas como grande aventura

O anúncio do fim do Grupo Croquis Urbanos foi feito através de nota publicada em rede social. ‘Foi uma grande aventura desenhar nas ruas, nas praças e registrar nossas belas arquiteturas’, relatam os artistas.

Veja a íntegra da nota

‘Nós, do Croquis Urbanos Ponta Grossa, comunicamos que devido a outros compromissos pessoais, assumidos pelos coordenadores do movimento, não há mais como dar continuidade aos eventos.  Assim sendo decidimos, a partir de hoje, dia 20 de maio de 2019, encerramos nossos encontros (registros-desenhos de observação direta, aos domingos). Eu, Lenita Stark, Rute Yumi e Zunir Andrade, fomos encarregados em dar prosseguimento ao movimento, iniciado por nosso amigo e companheiro de arte, João Carneiro. Fizemos tudo o que foi possível para um bom desempenho da iniciativa, para que se tornasse um encontro de amigos e apreciadores de desenhos ao ar livre.  Nossos sinceros agradecimentos, aos amigos companheiros, nesses 4 anos de atividades. Realizamos 140 registros- desenhos e narrativas sobre o local visitado. Compartilhado com o público, através da página do grupo. Foi uma grande aventura desenhar nas ruas, nas praças e registrar nossas belas arquiteturas! Muito obrigado, comunidade, pelo apoio e acolhida para os registros. Valeu cada despertar, com sol ou frio, nas manhãs de domingo! Gratidão!’

 

Últimas Notícias
Cotidiano 25/06/2019 ás 18:35h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 18:17h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 17:48h
Ponta Grossa 25/06/2019 ás 16:42h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00264694_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades