menu

Programação da Fundação de Cultura é interrompida

Servidores que fazem parte do grupo de risco do coronavírus estão trabalhando de casa e os demais se colocaram à disposição da Fundação Municipal de Saúde

A Fundação Municipal de Cultura começou o ano de 2020 a todo vapor, com uma extensa programação de eventos para movimentar a cidade, mas precisou interromper alguns projetos por causa do coronavírus. Agora, o trabalho continua de casa para os 70 servidores vinculados ao órgão que, em conjunto com o Conselho Municipal de Políticas Culturais, analisam como podem dar continuidade ou adequar os projetos à situação atual. Além disso, os profissionais se colocaram à disposição da Fundação Municipal de Saúde para atuar na luta contra o covid-19, exceto aqueles que estão no grupo de risco.

Dentre os projetos planejados pela Fundação para este ano, o Poesia de Ponta, o 9º Festival Literário dos Campos Gerais (Flicampos) e o Festival de Música foram cancelados. O Festival Teatro e Circo em Festa e a Semana da Cultura Bruno e Maria Enei estão adiados. Com relação ao Projeto Sexta às Seis e o Quarta Cultural, eles estão suspensos, bem como todas as atividades do Centro Cultural. O PG Memória será desenvolvido de forma virtual.

O presidente da Fundação de Municipal de Cultura, Fernando Durante não esconde a tristeza por ver todo o trabalho desenvolvido sendo paralisado: “Sinto-me bastante chateado, mas temos que entender a difícil situação que o mundo vive. Hoje, a prioridade é ficar em casa, cuidar-se para ver se logo isso tudo acaba e possamos voltar à normalidade”, relata.

Além da frustração pelo cancelamento dos eventos, o isolamento traz preocupação para a Fundação quanto à manutenção dos artistas que participam dos projetos. “Muitos artistas de nossa cidade estão sem trabalho no momento, já que casas noturnas, restaurantes e bares estão fechados e muitos shows cancelados. Muitos sustentam famílias e precisam sobreviver”, comenta Durante. 

No momento é impossível prever quando as atividades culturais voltarão ao normal, ou mesmo se será possível realizá-las já que grande parte seriam desenvolvidas no primeiro semestre, em função das eleições municipais. Mas mesmo com um prejuízo significativo na programação planejada, a arte não deixará de estar presente no cotidiano da população, sendo bem mais que um mero entretenimento. “A arte e a cultura sempre foram os combustíveis para tempos de dificuldades. É a melhor maneira para que as pessoas pensem um pouco mais em seus semelhantes, abre horizontes e traz alegria”, conclui o presidente da Fundação.

Últimas Notícias
Campos Gerais 23/03/2020 ás 17:40h
Campos Gerais 23/03/2020 ás 16:57h
Vamos Ler 23/03/2020 ás 16:50h
Ponta Grossa 23/03/2020 ás 16:30h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00317771_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades