menu

Cinto: o acessório que vai diferenciar seu look

Não perca a Coluna dessa semana do mundo da Moda com Silvana Hass


A criação de todo e qualquer produto, seja ele grande ou pequeno, simples ou complexo, gera diversos questionamentos.

No segmento de moda um design em sua prática profissional se torna responsável por solucionar problemas de diversas vertentes, sejam eles funcionais ou estéticos, busca ainda satisfazer as necessidades das pessoas, fazendo uso de fatores que envolvem planejamento, produção, gerenciamento, comercialização. Em meio a todo esse trabalho precisa utilizar de estratégias para gerar redução de custos, inovações e resultados de satisfação que já não depende de sua criação e sim de aprovação dos usuários, ou seja, do consumidor.

 Esta questão de identidade dos usuários, onde a moda se caracteriza como democrática, não trata apenas do termo mais citado que são as “tendências “que fazem parte da concepção da sociedade atualmente.

A modernidade e a facilidade de informações deixaram os termos mais simplificados, uma tendência reflete literalmente as mudanças da sociedade de maneira geral e não apenas um assunto isolado, desconectado do ambiente em que se encontra.

O segmento feminino é mais sujeito as oscilações de mudanças. Uma tendência pode entrar nas passarelas com grandes possibilidades de aceitação e infelizmente fracassar. Esta aceitação que tanto cito neste texto, envolve a critérios de criação.

Para maior compreensão do texto vou exemplificar. A forma corresponde ao volume da roupa (aproximada ou afastada do corpo). Já a linha interfere na percepção do volume e trabalha a tendência natural do olhar humano seguindo os traçados de linhas geométricas. E o equilíbrio corresponde à expectativa natural por simetria nas peças, tanto horizontal e verticalmente.

 O fato é que a linha dominante, e tudo que escrevi precisa ser apresentado na passarela para ser desejado.  Assim surgem o que chamamos de “hit” de uma estação. E quanto mais se dividem opiniões, mais rápido a peça se torna protagonista. Geralmente, quem adota primeiro esses itens, classifica-se como a vanguarda da sociedade. O efeito do desejo causa impacto que se transforma, com o objetivo de se diferenciar dos demais. Isto é, sempre procurando o novo. E assim, como se destacam em meio aos outros, são imitados até que uma grande parcela da população tenha vontade de se parecer com eles e passe a adotar suas mesmas atitudes. Assim teremos uma nova temporada e um novo ciclo de tendências.

E o que chega como hit da estação é o corset belt, traduzindo (cinto espartilho). Se apresenta na maioria das vezes em versões ousadas e realmente chamam toda a atenção. Confeccionados em couro, em tecidos como jeans o “cinto corset “estará em alta. Chega para marcar a cintura, surpreendendo em vários looks com seu designer que no primeiro olhar já impacta, pois transmite feminilidade e força.

 

 

Últimas Notícias
Ponta Grossa 24/04/2021 ás 10:59h
Cotidiano 24/04/2021 ás 10:25h
Ponta Grossa 24/04/2021 ás 09:59h
Ponta Grossa 24/04/2021 ás 09:35h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/370000/capa_00375346_0_202104232100.jpg?xid=1071548
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades