menu

UEPG custeará bolsas de mestrado com recursos próprio

A necessidade de custeio surgiu no início de agosto quando as bolsas não foram implantadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

A partir de uma ação coordenada entre a reitoria e as Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp) e de Assuntos Administrativos (Proad), a Universidade Estadual de Ponta Grossa vai custear oito bolsas  internas de mestrado.  A necessidade de custeio surgiu no início de agosto quando, apesar de aprovadas pela Fundação Araucária, as bolsas não foram implantadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O Conselho de Administração da UEPG deliberou sobre o tema, a pedido da Propesp, na segunda-feira (26). A concessão das bolsas com valor mensal de R$ 1.200,00 cada foi aprovada com base a Resolução 337 de 24 de Agosto de 2009, que permite remanejamento de recursos não utilizados plenamente nas bolsas de doutorado. No despacho, consta também que a situação é excepcional e temporária, com validade de 24 meses após o ingresso dos pós-graduandos em agosto de 2019.

As bolsas internas foram criadas para estudantes dos programas Ensino de Ciências e Educação Matemática, Estudos da Linguagem, Computação Aplicada, Ciências da Saúde, Agronomia e Ciência e Tecnologia de Alimentos, estas duas com duas bolsas e as demais com uma cada.

Informações Assessoria de Imprensa

Últimas Notícias
Homem-comportamento 02/09/2019 ás 23:40h
Ponta Grossa 02/09/2019 ás 21:25h
Cotidiano 02/09/2019 ás 21:20h
Ponta Grossa 02/09/2019 ás 21:08h
Ponta Grossa 02/09/2019 ás 20:32h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/280000/cover_00283442_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades