menu

Vereadora pede que Elizabeth tente evitar aumento na tarifa de ônibus

Joce Canto (PSC) solicitou que a Prefeita de Ponta Grossa tome ações para frear possível aumento da tarifa; Estimativa é de passagem a R$ 6

A vereadora Joce Canto (PSC) encaminhou nesta quarta-feira (3) à prefeita de Ponta Grossa, Professora Elizabeth Schmidt (PSC), um comunicado onde questiona oficialmente a chefe do Poder Executivo a respeito do possível aumento da tarifa de ônibus na cidade. A estimativa do Sindicato dos motoristas e cobradores é de que a tarifa possa chegar aos R$ 6.

No ofício, Joce pede que a gestora tome conhecimento da informação divulgada por Luiz Carlos de Oliveira, Presidente do Sintropas-PG e membro do Conselho de Transportes, sobre proposta de aumento da tarifa do transporte coletivo de Ponta Grossa. No documento, a vereadora afirma que qualquer aumento da tarifa, num momento de pandemia, impacta negativamente na vida dos trabalhadores e também dos empresários de nossa cidade.  

Por esse motivo, a parlamentar entende que, neste momento, o Município deve direcionar todos os seus esforços em impedir qualquer aumento. “Solicito que a prefeita busque subsídios junto ao Governo do Estado, em apoio ao Projeto de Lei em trâmite na Alep, assinado pela Deputada Mabel Canto (PSC), que cria subsídios para o sistema de transporte coletivo em cidades com mais de 300 mil habitantes”, diz no documento Joce.

“Uma vez que a prefeita faz parte do mesmo partido que o governador do Estado, possuindo estreitas relações com o Governo Estadual, faz-se importante que o Município de Ponta Grossa, pleiteie oficialmente ao Governo um subsídio que possa auxiliar no congelamento da tarifa em PG, em benefício de todos os usuários e empresários de nossa cidade”, afirma a vereadora. 

Por fim, Joce Canto, comenta que Ponta Grossa, assim como Curitiba, merece subsídios estatais, dada a importância da cidade sob o ponto de vista econômico e social para o Estado do Paraná.

Reunião do Conselho

A Reunião do Conselho de Transporte, órgão deliberativo que trata do valor da passagem, acontece às 14h desta quinta-feira (4). A expectativa é que, ao fim do encontro, os conselheiros já definam o valor da passagem. Para entrar efetivamente em vigor, a prefeita Elizabeth tem que decretar o novo preço da passagem em Diário Oficial. 

Saiba mais:

Transporte coletivo: setor já acumulou R$ prejuízo de R$ 9,5 bi

Nova tarifa de ônibus de PG deve passar dos R$ 6 

Com informações da assessoria. 

Últimas Notícias
Campos Gerais 04/02/2021 ás 20:30h
Ponta Grossa 04/02/2021 ás 19:52h
Ponta Grossa 04/02/2021 ás 19:14h
Cotidiano 04/02/2021 ás 19:00h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/360000/cover_00365915_00.jpg?xid=1041504
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades