menu

Caixa deve liberar mais de R$ 650 mi para região 

Valores devem ser destinados às operações de custeio, investimento, comercialização e industrialização 

A Caixa Econômica Federal divulgou os valores disponíveis para o crédito rural no Plano Safra 2019/2020. Em Ponta Grossa e região, a estimativa é de que o banco público possa disponibilizar aproximadamente R$650 milhões para incentivar a produção agrícola na região. Os valores devem ser destinados às operações de custeio, investimento, comercialização e industrialização da colheita no período. 

No país, a Caixa disponibilizará R$7,5 bilhões de reais para a produção agrícola, a maioria dos recursos serão colocados a cooperativas e agroindústrias, com taxas de juros especiais e customizadas. Cerca de R$4 bilhões serão destinados a esses setores. O banco estatal também disponibilizará mais R$2,5 bilhões para a linha de industrialização e R$1 bilhão através do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural. A regional da Caixa ainda não divulgou qual será o valor destinado a cada linha de financiamento na região. 

Para o presidente do Sindicato Rural de Ponta Grossa, Gustavo Ribas Netto, os valores maiores disponíveis para os agricultores mostram que o mercado agrícola se tornou mais atrativo para os bancos. “O mercado do custeio agrícola está mudando, hoje o produto está atrativo para os bancos. Entrando mais um, você começa a criar uma concorrência e taxas mais atrativas, além de uma cobertura maior”, afirma. 

Gustavo explica que o maior volume de opções de financiamentos dá ao produtor rural a oportunidade de conseguir crédito para investir em outros setores importantes para a produção. “Você dá ao produtor a possibilidade de fazer o que é necessário, que não é só o custeio. É o investimento para adquirir maquinas, de armazenamento”. 

Com menores valores, o presidente do Sindicato Rural espera que o agronegócio ajude a gerar empregos e impulsionar a economia do país. “É um novo momento para o produtor, nós esperamos que os bancos oficiais promovam taxas mais baixas e ajudem a diminuir os juros de outros bancos. Assim poderemos promover emprego e desenvolvimento para o país”, concluí Gustavo. 

 

Estado terá R$20 bi em financiamentos 

O estado do Paraná terá cerca de R$ 20 bilhões disponíveis para o financiamento da produção e industrialização do cultivo agrícola. A maior parte do valor partirá do Banco do Brasil, com R$11,9 bilhões. A Sicredi colocará R$6,2 bilhões a disposição dos produtores associados aos bancos. O restante do valor é uma projeção de fundos colocados para o financiamento da produção entre julho e dezembro, a Caixa prevê que cerca de R$ 1,9 bilhões estarão disponiveis para os produtores.  

Últimas Notícias
Cotidiano 26/07/2019 ás 18:00h
Campos Gerais 26/07/2019 ás 17:08h
Ponta Grossa 26/07/2019 ás 15:55h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00268815_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades